Cinema

A tartaruga vermelha (IMS-RJ)

  • Produção (França, Bélgica, Japão, 2016. 80’. Exibição em DCP)
  • Direção Michael Dudok de Wit

Após sobreviver a um naufrágio, um homem se vê em uma ilha completamente deserta. Ele consegue se manter por meio da pesca e tenta construir uma jangada que lhe permita deixar o local. No entanto, sempre que parte com a embarcação, ela é destruída por um ser misterioso.

Em entrevista a Bernard Génin, publicada na revista Positif de número 665, o criador do filme Michael Dodok de Wit conta: "A ideia de criar uma história com uma tartaruga gigante me ocorreu há um tempo. Precisava ser uma criatura marinha majestosa e respeitosa. A tartaruga marinha é pacífica e solitária; ela desaparece nas profundezas do oceano por longos períodos de tempo e transmite uma impressão de quase imortalidade. Sua cor vermelha faz com que ela se destaque visualmente. Nós pensamos muito sobre o quanto de mistério gostaríamos de preservar na história. Nos filmes do Studio Ghibli, por exemplo, eu acho que a presença do mistério é muito bem administrada. É claro que o mistério pode ser maravilhoso, mas não ao ponto de desconectar o público do filme. Isso precisa ser gerenciado de forma bem sutil… E sem palavras, já que não existem diálogos no filme. É tão fácil explicar as coisas através do diálogo, mas existem outras forma, claro, como o comportamento dos personagens, a música e a edição. E, sem diálogos, os sons da respiração do personagens tornam-se, naturalmente, mais expressivos."

 

Título original: La tortue rouge

 

  • IMS Rio de Janeiro
  • Terça, quarta e quinta: R$22 (inteira) e R$11 (meia). Sexta, sábado, domingo e feriados: R$26 (inteira) e R$ 13 (meia).
  • Classificação livre

Sessões

  • Quinta 23/03

    • 18:00.
  • Sexta 24/03

    • 14:00.
  • Sábado 25/03

    • 18:00.
  • Domingo 26/03

    • 14:00.
  • Terça 28/03

    • 18:00.
  • Quarta 29/03

    • 14:00.