Marcelo Araujo, que assume em maio de 2020 como novo superintendente executivo (Acácio Pinheiro/ MinC)

Retornar ao artigo