Crítica e curadoria

Conversa

Com Marcelo Maia Rosa, Caio Jade, Ruth Verde Zein, Joice Berth e Benjamin Seroussi. Mediação: Monica Junqueira

Quando

30 de junho de 2018
Das 10h30 às 13h

Entrada gratuita

Lugares limitados; distribuição de senhas 30 minutos antes

IMS Paulista

Cineteatro
Avenida Paulista, 2424
São Paulo/SP

Estúdio Flagrante. Foto de Romullo Baratto

Sobre a atividade

O Instituto de Arquitetos do Brasil (IABsp), em parceira com o IMS, promove o debate como parte da programação do concurso de curadoria para a XII Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo. O debate tem como objetivo levantar inquietações e fazer provocações que poderão ser refletidas nas propostas.

Entendendo como ferramentas de diálogo entre o contexto e a produção arquitetônica e urbanística, o debate abordará a curadoria e a crítica como atividades políticas, instrumentos de difusão da arquitetura e proposição de uma consciência social do valor cultural da arquitetura e da cidade.

A crítica e a curadoria em arquitetura são meios de interpretar e difundir a disciplina. A partir de posições distintas, permitem uma compreensão da arquitetura e seu valor como expressão cultural. Instrumentos, entretanto, não são isentos: se a partir da curadoria pode-se aproximar a sociedade da produção arquitetônica, isso se dá a partir de uma narrativa, construída com um objetivo e uma visão específica. Ao mesmo tempo, a crítica arquitetônica interpreta a produção a partir de questões também construídas em trajetórias de pesquisa próprias.

Mediadora
Monica Junqueira

Debatedores
Marcelo Maia Rosa
Caio Jade
Ruth Verde Zein
Joice Berth
Benjamin Seroussi


Como participar

Entrada gratuita. Lugares limitados; distribuição de senhas 30 minutos antes.


O IAB

O Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) é entidade de livre associação de arquitetos e urbanistas brasileiros, que se dedica a temas de interesse do arquiteto, da cultura arquitetônica e de suas relações com a sociedade. Fundado no Rio de Janeiro em 26 de janeiro de 1921, o IAB é a mais antiga das entidades brasileiras dedicadas à arquitetura, ao urbanismo e ao exercício da profissão. O IAB não tem fins lucrativos e seus dirigentes não são remunerados.