Cinema

Eu e meu irmão (Sessão Cinética - IMS Rio)

  • Produção (EUA, 1968. 85’. Exibição em cópia 35 mm )
  • Direção Robert Frank

Sessão seguida de debate com os críticos da revista Cinética.

Eu e meu irmão é o primeiro longa-metragem de Robert Frank, e foi finalizado e exibido pela primeira vez em 1968 no Festival de Cinema de Veneza. Tudo o que vinha definindo a arte de Frank até aquele momento aparece neste filme – a América “vista de fora”, a libertinagem poética dos beatniks, o marginalizado como protagonista. O filme celebra o retorno do ensaio poético como composição, a afirmação do underground como uma análise cinematográfica desenfreada em forma de colagem, e habilidosamente entrelaça opostos, contrapondo o falsificado e o genuíno, a pornografia e a poesia, o atuar e o existir, o cinismo beat e o romantismo hippie, a monocromia e a policromia. O enredo apresenta bizarras voltas e reviravoltas, e aparenta ser um despretensioso filme dentro de um filme exibido num velho cinema degradado. No entanto, há método na loucura do filme: ao longo de seu roteiro, de suas citações, de sua trilha sonora e de suas recorrentes associações, uma estrutura no interior do matagal da psiquê, do filme e da urbanidade toma forma.

Em setembro, o IMS Paulista, nova sede do Instituto Moreira Salles em São Paulo, realizará uma grande retrospectiva da obra de Robert Frank, com a íntegra da célebre série "Os americanos" e a exibição de 25 filmes realizados por ele.

 

Título original: Me and My Brother

 

Trailer:

  • IMS Rio de Janeiro
  • R$8 (inteira) e R$4 (meia)
  • Classificação 16 anos

Sessões

  • Quinta 24/08

    • 19:30.