Idioma EN
Contraste

Panorama do Rio de Janeiro tomado do Morro do Castelo, c. 1830. Água-forte, água-tinta, aquarela, guache e pochoir sobre papel de Félix Émile Taunay. Auguste Nicolas Nepveu (editor)/ Acervo IMS

A área de iconografia do IMS se dedica à pesquisa, à conservação e à difusão de acervos sobre a cultura gráfica brasileira. Reúne desenhos, gravuras e arquivos pessoais de artistas gráficos que ajudam a compor um panorama sobre a história da imagem impressa no Brasil. Seus arquivos e coleções se dividem em dois assuntos principais: uma Brasiliana, voltada para a iconografia brasileira, onde estão incluídas obras realizadas por artistas e naturalistas viajantes, entre eles Charles Landseer, Rugendas, Debret, Von Martius. E outro, voltado para a imprensa ilustrada, com acervos de artistas gráficos como J. Carlos e Millôr Fernandes.

Leia mais

Destaques do acervo


Por dentro da Iconografia

Palavra da coordenadora

A série de palestras Por dentro do acervo colocou o público do IMS Paulista em contato direto com os coordenadores de área do Instituto Moreira Salles, que apresentaram as particularidades de cada área. No quarto encontro, realizado em 9 de junho de 2018, Julia Kovensky, coordenadora de iconografia do IMS, falou sobre alguns dos destaques do acervo, como Johann Moritz Rugendas, Manuel de Araújo Porto-Alegre, Charles Landseer e Carl Friedrich Phillip von Martius, além de abordar os registros de intimidade por Marguerite Tollemache e Franz Joseph Frühbeck, as complexidades do acervo de Millôr Fernandes e o trabalho diário de conservação dos conjuntos.


Pesquise no acervo de Iconografia

Estão disponíveis para pesquisa on-line cerca de 1.800 obras de iconografia brasileira do século XIX. Você pode realizar buscas livres, avançadas, ou navegar pelas categorias mapas, álbuns, imagens e textos. O acesso ao banco de dados oferece uma ferramenta de zoom que permite observar as imagens em detalhes.


Atendimento ao pesquisador

A consulta presencial será realizada através de um banco de imagens digital, sem o manuseio dos itens originais do acervo, visando a conservação e preservação dos mesmos.

O processo de liberação de imagens possui etapas, dentre elas, autorização, elaboração de termo de responsabilidade e custos (dependendo da finalidade de uso). O prazo para conclusão dos pedidos é de até 10 dias úteis porém este limite pode se estender conforme o quantidade de itens solicitados e/ou demanda interna.

A sala de pesquisa possui número restrito de lugares, portanto solicitamos que nos seja avisado com antecedência a vinda de acompanhante. Caso não possa comparecer no dia e horário agendado, por favor, comunique.

Para o melhor aproveitamento de todos os pesquisadores, não será permitido na sala: uso de celular, notebook, caderno ou similares, consumo de bebidas ou alimentos. Ao lado da sala há um armário destinado para a guarda dos pertences.


Outros acervos

Mais IMS