Idioma EN
Contraste

Lançamentos da serrote 33

A 33ª edição da serrote, a revista de ensaios do Instituto Moreira Salles, chega às livrarias em novembro, com lançamentos no Rio de Janeiro e em São Paulo. As informações sobre os eventos estão abaixo.

Este número traz a seção especial “9 perguntas para o Brasil de hoje”, na qual nove intelectuais refletem sobre questões cruciais no país, da proliferação da violência ao silêncio dos escritores diante do autoritarismo.


Rio de Janeiro

Uma conversa sobre autoritarismo, violência e o ataque às populações indígenas com dois colaboradores da seção “9 perguntas para o Brasil de hoje”: a antropóloga Aparecida Vilaça (“Por que os índios são um alvo?”) e o cientista social Luiz Eduardo Soares (“Quem precisa de armas?”), com mediação de Paulo Roberto Pires.

Entrada gratuita, por ordem de chegada, sujeita à lotação.

 

Aparecida Vilaça (1958) é antropóloga e professora do Museu Nacional da UFRJ. Por mais de 30 anos estudou os Wari’, povo indígena que vive em Rondônia. É autora de Comendo como gente, Quem somos nós – Os Wari’ encontram os brancos e Strange enemies: Indigenous Agency and Scenes of Encounters in Amazonia, este último inédito no Brasil. Em 2018 lançou o relato autobiográfico Paletó e eu – Memórias de meu pai indígena (Todavia).

Luiz Eduardo Soares (1954) é cientista social e antropólogo. Especializado em questões de segurança pública, foi Secretário Nacional de Segurança pública no primeiro governo Lula. É autor, dentre outros, de Rio de Janeiro – Histórias de vida e morte (Companhia das Letras), Desmilitarizar - Segurança pública e direitos humanos (Boitempo) e O Brasil e seu duplo (Todavia).

Paulo Roberto Pires é editor da revista serrote.


São Paulo

Uma conversa sobre racismo e encarceramento em massa com dois colaboradores da seção “9 perguntas para o Brasil de hoje”: o advogado Adilson José Moreira (“Quem ri do racismo?”) e a pesquisadora Juliana Borges (“A quem interessa lotar as prisões?”), com mediação de Guilherme Freitas.

Entrada gratuita, sujeita à lotação. Distribuição de ingressos 60 minutos antes do evento com limite de 1 senha por pessoa.

 

Adilson José Moreira (1974) é doutor em Direito Constitucional pela universidade de Harvard, advogado e professor da Universidade Mackenzie. É autor de Racismo recreativo (Pólen Livros) e de Pensando como um negro – Ensaio de hermenêutica jurídica (Contracorrente).

Juliana Borges (1982) é escritora e pesquisadora em estudos da violência. É consultora do Núcleo de Enfrentamento, Monitoramento e Memória de Combate à Violência da OAB-SP e conselheira da Plataforma Brasileira de Política de Drogas. Foi secretária adjunta de Políticas para as Mulheres na Prefeitura de São Paulo. É autora de Encarceramento em massa (Pólen Livros).

Guilherme Freitas é editor-assistente da revista serrote.


A serrote 33

Capa da serrote 33

 

serrote 33
Publicação: Novembro de 2019
224 páginas
Preço: R$ 48,50


Mais eventos

Mais IMS