Idioma EN
Contraste
Escola Escuta

Inventários de si: fotografia e autorrepresentação

escolaescuta.ims.com.br

Série de encontros abertos dedicados ao papel da fotografia na construção e no fortalecimento de identidades e culturas. Partindo da convocatória do autor palestino-estadunidense Edward Said em seu livro Orientalismo – O Oriente como invenção do Ocidente, investigaremos a fotografia como ferramenta de autorrepresentação e combate às armadilhas históricas que aprisionam sujeitos e grupos identitários em estereótipos. Nos encontros, pesquisadores e/ou artistas abordarão questões estéticas e conceituais para contribuir com a ampliação de repertório do público e possibilitar outros olhares e reflexões no campo da fotografia.

Este módulo é parte da programação aberta do Residência artística Laboratório de Imagens.

 

Realização

 

Como participar

Inscrição

Este módulo é aberto, não requer inscrição ou seleção prévia.

Onde

Rio de Janeiro
Formato: presencial
Territórios: Maré e Centro
Duração: 12 horas (4 encontros de 3 horas cada)
Vagas: 25
Perfil: pessoas com interesse no tema

Mais informações em breve.

Cronograma

Encontros
14/6, 12/7, 16/8 e 13/9/24


Observatório de Favelas/Imagens do Povo

Fundado em 2001, tem sede no conjunto de favelas da Maré e se dedica à produção de conhecimento e metodologias, visando incidir em políticas públicas sobre favelas e periferias e promover o direito à cidade.

Criado pelo Observatório de Favelas e pelo fotógrafo documentarista João Roberto Ripper, o Imagens do Povo alia técnica fotográfica a questões sociais, atuando na formação inicial e continuada de fotógrafas e fotógrafos populares e na organização e difusão de acervo digital. Enfatiza o registro dos cotidianos de favelas e territórios periféricos e populares, realizado com percepção crítica e poética e levando em conta o respeito aos direitos humanos e à cultura local.

Site Observatório de Favelas | Instagram Observatório de Favelas | Site Imagens do Povo | Instagram Imagens do Povo


Outros módulos