Idioma EN
Contraste

Wikipedia Edit-a-thon: Artes + Feminismos I

Arte e Arquivo - desdobramentos da prática decolonial

Atividade
Revisão e criação de biografias e assuntos na Wikipédia
Quando
18 e 19 de julho de 2020, sábado e domingo, às 14h
.
Evento online gratuito
Plataforma Zoom. Inscrição prévia. Mais informações em Como participar.
Nossa Senhora Comparecida, 2019. Afetocolagem de Silvana Mendes

Com eventos bimestrais, a maratona Edit-a-thon Artes + Feminismos tem o objetivo de aumentar a presença feminina na Wikipédia, seja nos verbetes ou na edição da ferramenta. O próximo encontro acontece nos dias 18 e 19 de julho, sábado e domingo, a partir das 14h, em formato online. Gratuito e aberto ao público, o evento de dois dias será realizado na plataforma Zoom. (Veja abaixo as instruções de como participar).

A maratona é uma realização da coletiva de pesquisa curatorial NaPupila, em parceria com o Instituto Moreira Salles e o Wiki Movimento Brasil. A edição deste mês será voltada para a criação e revisão de verbetes sobre o trabalho de artistas e feministas negras, tendo em vista uma perspectiva decolonial.

A maratona dialoga com as celebrações do Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra, comemorado em 25/7. No Brasil, a população negra corresponde a mais de 50% dos 209,5 milhões de habitantes (IBGE, 2018). No entanto, até hoje, as narrativas negras são ofuscadas da história. A maratona visa aumentar a visibilidade dessas narrativas, especialmente no campo da arte.

O evento será dividido em dois dias (18 e 19/7), sendo o primeiro dedicado à discussão do tema e o segundo, à maratona em si. O público pode participar das atividades de apenas um dos dias, mas recomenda-se a presença em ambos.

A programação começa no sábado (18/7), às 14h, com uma fala de Roberta Zanatta, coordenadora do núcleo de catalogação e indexação do IMS, sobre memória e difusão a partir do acervo fotográfico do Instituto. Em seguida, Ana Paula Alves Ribeiro, professora da UERJ e da UFF, discutirá sua experiência como curadora e coordenadora do Museu Afro Digital. Por fim, a pesquisadora Mirian Cristina dos Santos, doutora em letras, abordará a trajetória de intelectuais negras brasileiras a partir de sua pesquisa previamente publicada.

No domingo (19/7), o evento inicia às 14h, com a fala da artista visual Silvana Mendes sobre o tema Desconstrução de Visualidades Negativas em Corpos Negros. Em seguida, Érica Azzellini, do Wiki Movimento Brasil, ministrará um tutorial sobre edição dos verbetes na enciclopédia. Após as falas, os participantes serão convidados a iniciar as edições.

A iniciativa faz parte da mobilização internacional Arte + Feminismo, que pretende suprir a lacuna de temas relacionados a gênero na internet, especialmente na Wikipédia. O objetivo é aumentar a visibilidade das histórias de mulheres cis, transgênero e indivíduos não-binários, incentivando a participação de novas editoras.

A atividade é aberta ao público, sem limite de vagas, e não exige conhecimento prévio.

Programação

Ciclos de Conversa
18 de julho de 2020, sábado, das 14h às 17h 

Memória, difusão e acesso - práticas e reflexões sobre o acervo fotográfico do Instituto Moreira Salles, por Roberta Zanatta.
Experiências de Arquivo e Curadoria no Museu Afro Digital, Ana Paula Alves Ribeiro.
Intelectuais Negras: Prosa Negro-Brasileira Contemporânea, por Miriam Cristina dos Santos.

Ação Coletiva: Atualização colaborativa de conteúdo
19 de julho de 2020, domingo, das 14h às 18h 

Desconstrução de Visualidades Negativas em Corpos Negros, por Silvana Mendes.
Workshop Wikipédia: como editar?, por Érica Azzellini.

Sobre os participantes

Ana Paula Alves Ribeiro é cientista Social formada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, com mestrado em Ciências Sociais (Uerj) e doutorado em Saúde Coletiva (IMS/Uerj). Professora adjunta do Departamento de Formação de Professores e do Programa de Pós-Graduação em Educação, Cultura e Comunicação em Periferias Urbanas (PPGECC) da Faculdade de Educação da Baixada Fluminense/ Uerj e do Programa de Pós-Graduação em Cultura e Territorialidades (PPCULT/UFF). Integra o conselho curador do Museu Afro-Digital Rio.

Mirian Cristina dos Santos é doutora em Letras, Estudos Literários, pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Especialista em Políticas de Promoção da Igualdade Racial pela Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop). Mestra em Letras, Teoria Literária e Crítica da Cultura, pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ). Atualmente trabalha com a escrita de mulheres negras na contemporaneidade. É autora do livro Intelectuais Negras: prosa negro-brasileira contemporânea (editora Malê, 2018).

Roberta Zanatta coordena o Núcleo de Catalogação e Indexação da Coordenadoria de Fotografia do Instituto Moreira Salles. Atua na área de pesquisa, catalogação, gestão de banco de dados e difusão de acervos há 19 anos. É graduada, mestre e doutora em Ciências Sociais pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Coordenou o Setor Iconográfico do Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro (MIS-RJ), trabalhou também no Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC-FGV) e no Departamento de Arquivo e Documentação da Casa de Oswaldo Cruz (Coc-Fiocruz).

Silvana Mendes é artista Visual e graduanda em Artes pela Universidade Federal do Maranhão. Em seu trabalho busca investigar o cotidiano e a subjetividade do comum usando como suporte artístico a colagem digital, o lambe e a fotografia afetiva. Ocupa espaços entre a educação e as artes como facilitadora de projetos em produção artística, escrita poética e vídeo, e participou de eventos como a 13ª Bienal do Cairo (2018) e III Bienal do Sertão de Artes Visuais, itinerâncias na Bahia e Brasília (2018).

Como participar

Quando
18 de julho de 2020, sábado, de 14h às 17h
19 de julho de 2020, domingo, de 14h às 18h

A atividade é aberta ao público, sem limite de vagas, e não exige conhecimento prévio.

1) Inscreva-se neste link.
2) Abra um cadastro na plataforma Zoom.
3) Nos dias 18 e 19/7, a partir das 14h, clique em "Entrar em uma reunião".
4) Adicione o ID da reunião: 823-2377-2207, ou acesse o link da sala, para falar diretamente com as organizadorxs.

Na Sala de Reunião serão oferecidas dicas, fontes de pesquisa e ajuda prática.
Já tem uma pesquisa sobre uma artista ou iniciativa feminista de arte? Entre em contato através do e-mail napupila@gmail.com.

Edit-a-thon Artes + Feminismos

A iniciativa faz parte da mobilização internacional Arte + Feminismo, que pretende suprir a lacuna de temas relacionados a gênero na internet, especialmente na Wikipédia. O objetivo é aumentar a visibilidade das histórias de mulheres cis, transgênero e indivíduos não binários, incentivando a participação de novas editoras.