Luz, intimidade e afetos

Oficina

4 aulas com Ilana Bar

Quando

21, 22, 28 e 29 de julho, sábados e domingos, das 14h30 às 17h

Inscrição

Até a primeira aula.
R$200. Vendas pelo Eventbrite a partir de 1/7, às 10h.

IMS Paulista

Avenida Paulista, 2424
São Paulo/SP


O curso

Esta oficina oferece uma reflexão sobre a criação da imagem envolvendo intimidade, laços afetivos, percepção e direção de luz natural cotidiana. Haverá aula expositiva com referências imagéticas a fim de estimular os alunos a ampliar sua própria produção com experimentações intuitivas que serão conjugadas em um exercício fotográfico prático.

A oficina faz parte da programação de férias do IMS.

Os participantes devem dispor de uma câmera analógica ou digital que permita ajustes manuais e possuir domínio técnico sobre ela.


Inscrição

Inscrições até a primeira aula.

4 aulas, R$ 200. Estudantes, professores e maiores de 60 anos têm 50% de desconto em todos os cursos.

Vendas em breve pelo Eventbrite a partir de 1/7, às 10h.


Sobre Ilana Bar

Artista, fotógrafa e pesquisadora. Seus projetos e pesquisas envolvem o universo familiar, laços afetivos com pessoas e espaços. Em 2017 participou da exposição International Discoveries VIFotofest em Houston - TX com a série Transparências de lar, também contemplada com o Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger 2016/ 2017.


Programa

1. Apresentação da oficina. Introdução sobre ao tema, apresentando referências de pinturas clássicas a fotografias contemporâneas com diversas situações de luz natural. Reflexão sobre as oportunidades que a luz e o cotidiano proporcionam para a fotografia. Intimidade: apresentação de referências de artistas/ fotógrafos que desenvolvem trabalhos em que a intimidade pré-estabelecida transparece na produção imagética. Primeira proposta de exercício: cada participante deverá trazer uma imagem impressa de seu arquivo que represente um afeto.

2. Conversa aberta em grupo, sobre o material trazido por cada aluno. Observação do aproveitamento das oportunidades: experimentações no ato fotográfico/ experimentações com a imagem impressa. Segunda proposta de exercício: a partir da primeira imagem e da discussão por ela gerada, cada participante deverá produzir e trazer, para o encontro seguinte, um ensaio, desenvolvendo e ampliando o afeto do primeiro exercício.

3. Impressão do material produzido pelos alunos; início do processo de reflexão sobre a produção e discussão em grupo sobre os resultados. Terceira proposta: estabelecimento de uma ordem/ edição curta para as imagens .

4. A partir do material impresso proporcionar a troca entre o grupo das experiências e resultados, refletindo sobre a influência da intimidade e individualidade nas imagens.