Os fundadores da Magnum

Robert Capa, Henri Cartier-Bresson, George Rodger e David “Chim” Seymour

Curso

4 aulas com Erika Zerwes

Parte de Sobre clássicos

Quando

4, 11, 18 e 25/4.
Quartas, das 19h às 21h.

Inscrição

Até a primeira aula do módulo
R$ 200. Vendas pelo Eventbrite

IMS Paulista

Avenida Paulista, 2424
São Paulo/SP

Desembarque das tropas aliadas na praia de Omaha, Normandia, França, dia D, 6 de junho de 1944. © Robert Capa/International Center of Photography.

Sobre o curso

Uma introdução ao trabalho de Robert Capa, Henri Cartier-Bresson, George Rodger e David “Chim” Seymour, fotógrafos que criaram a Magnum, uma das mais conceituadas agências fotográficas do mundo, cuja importância vem em grande parte do legado de seus quatro fundadores. Ao retratar alguns dos principais eventos históricos do século XX, tais fotógrafos também estabeleceram paradigmas para o fotojornalismo e para a própria figura do fotojornalista.


Inscrição

Inscrições até a primeira aula.

4 aulas, R$ 200. Estudantes, professores e maiores de 60 anos têm 50% de desconto em todos os cursos.
Vendas apenas pelo Eventbrite.


Sobre Erika Zerwes

Doutora em história pela Unicamp e pós-doutora pelo MAC-USP. Coordena o grupo de trabalho Imagem, Cultura Visual e História da ANPUH Nacional e é autora de Tempo de guerra: cultura visual e cultura política nas fotografias dos fundadores da agência Magnum, 1936-1947 (no prelo).


Programa

1) A participação de Robert Capa no desenvolvimento de uma visualidade até hoje associada ao evento da guerra, e da própria figura do que entendemos ainda hoje como o fotojornalista moderno, germinado durante as décadas de 1930 e 1940 e florescido na agência Magnum.

2) O trabalho de David “Chim” Seymour na Espanha durante a Guerra Civil e no imediato pós-Segunda Guerra Mundial: o desenvolvimento de uma linguagem ligada à fotografia humanista e às suas implicações políticas.

3) A fotografia entre o dizível e o indizível, entre o humano e o desumano: as reportagens fotográficas de George Rodger durante a Segunda Guerra Mundial.

4) A escolha de Henri Cartier-Bresson pela fotografia após a guerra na Espanha, as transformações da ideia de instante decisivo durante este período e suas implicações políticas. Sua atuação na consolidação da Magnum.