Corpo a corpo

IMS Paulista

Avenida Paulista, 2424

São Paulo/SP
Galeria 2

Visitação

Entrada gratuita

De 20 de setembro a 30 de dezembro de 2017

Horário

Terças a domingos (exceto quintas), das 10h às 20h. Às quintas, das 10h às 22h. 

Contato

(11) 2842-9120

imspaulista@ims.com.br

Apresentação

Curadoria

Thyago Nogueira

Valentina Tong (assistente)

Na Internet

corpoacorpo.ims.com.br

#expocorpoacorpo

Imprensa

(11) 3371-4455

comunicacao@ims.com.br

CORPO A CORPO: a disputa das imagens, da fotografia à transmissão ao vivo exibe um recorte da produção brasileira contemporânea em fotografia, cinema e vídeo por meio de sete trabalhos desenvolvidos por artistas e coletivos - Bárbara Wagner, Jonathas de Andrade, Mídia Ninja, Sofia Borges, Letícia Ramos e Garapa - em parceria com os curadores Thyago Nogueira, coordenador de fotografia contemporânea do IMS e editor da revista ZUM, e Valentina Tong (assistente).

Os artistas foram convidados a pensar sobre o retrato, individual ou coletivo, e sobre como as imagens podem nos ajudar a enxergar os conflitos sociais que emergiram no Brasil nos últimos anos. O mote é o uso do corpo como um elemento de representação social e atuação política – seja pela presença física e simbólica nos espaços públicos, seja como o veículo condutor da câmera, seja como lugar de expressão da individualidade, que aproxima e separa os indivíduos.


Imagens


Vídeos

Eu, mestiço, por Jonathas de Andrade

O artista Jonathas de Andrade fala sobre seu novo trabalho, Eu, mestiço, feito a partir de uma pesquisa sobre raça e classe no Brasil rural realizada nos anos 1950 pela Unesco.


Sobre os artistas

Bárbara Wagner (Brasília, 1980) – Seu projeto Mestre de cerimônias foi contemplado pela Bolsa de Fotografia ZUM/IMS (2015). Trabalha com o artista Benjamin de Burca (Munique, 1975), com quem participou do 33o Panorama de Arte Brasileira, São Paulo (2013) e da 32a Bienal de São Paulo (2016), entre outros. Seu trabalho Bye Bye Germany! A Melody of Life, também em parceria com Benjamin de Burca foi selecionado para o Skulptur Projekte Münster.

Garapa – Coletivo formado em 2008 por Leo Caobelli (Pelotas/RS, 1980), Paulo Fehlauer (Mal. Cândido Rondon/PR, 1982) e Rodrigo Marcondes (São Paulo, 1979). Foi um dos contemplados pela Bolsa de Fotografia ZUM/IMS (2014) com o projeto Postais para Charles Lynch.

Jonathas de Andrade (Maceió, 1982) – Trabalha com fotografia, instalação e vídeo. Entre as exposições recentes, estão as do New Museum, Nova York (2017), do Museu de Arte de São Paulo (2016-2017), do MoMA (2017) e da Bienal de São Paulo (2016 e 2010).

Letícia Ramos (Santo Antônio da Patrulha/RS, 1976) – Trabalha com filme, fotografia e instalação. Participou de exposições no Tate Modern, Londres (2007) e no Instituto Tomie Ohtake, São Paulo (2014). Em 2013, seu projeto Microfilme foi contemplado pela Bolsa de Fotografia ZUM/IMS.

Mídia Ninja (Narrativas Independentes, Jornalismo e Ação) – Rede de ativistas fundada em 2013, a partir da rede Fora do Eixo, possui milhares de seguidores e figura entre as maiores iniciativas de mídia independente da América Latina e do mundo.

Sofia Borges (Ribeirão Preto/SP, 1984) – Expôs seu trabalho em mostras no Museu Berardo, em Lisboa (2013), e no Foam, em Amsterdã (2016). Integrou a 30a Bienal de São Paulo (2012). Em 2016, lançou o livro The Swamp (O pântano) pela Editora Mack, do Reino Unido, vencedor do The First Book Award.


Eventos

Noite de abertura
20 de setembro, 19h
Lançamento do catálogo, com a presença dos artistas e curadores.

Oficina Arquivo e barbárie
24, 25 e 26 de outubro. Terça a quinta, das 16h30 às 19h.
Um mergulho crítico nos documentos da violência com base nas reflexões propostas pelo coletivo Garapa no trabalho Postais para Charles Lynch, sobre linchamentos contemporâneos, vencedor da Bolsa de Fotografia ZUM/IMS 2014.

Oficina #aovivo
4, 11 e 25 de novembro (dias independentes). Sábados, das 14h30 às 17h.
Um percurso prático pelas tecnologias e linguagens utilizadas pela Mídia Ninja na documentação e na distribuição de informações em tempo real – transmissões ao vivo, fotografias, vídeos e a utilização das redes sociais –, estimulando e potencializando a criação de novas narrativas a partir da realidade de cada participante.

Oficina A velocidade das coisas
14, 15 e 16 de novembro. Terça a quinta, das 16h30 às 19h.
Partindo dos projetos e processos da artista Letícia Ramos e de pesquisas relacionadas aos temas da ciência e da ficção, exercícios práticos serão combinados com uma série de experimentos fotográficos estroboscópicos e diferentes maneiras de construção da imagem.


Conteúdo relacionado


Outros acervos

Mais IMS