Koolhaas – Uma vida em casa

Koolhaas Houselife

Direção

Ila Bêka, Louise Lemoine

Informações

França
2006. 58min. Livre

Formato de exibição

DCP

Sessão especial + debate

Aniversário CineCubo IAB
IMS Paulista: 28/11, 19h30

A Maison à Bordeaux é uma residência privada no sul da França criada pelo escritório de arquitetura OMA, do holandês Rem Koolhaas. Cada um dos três andares da obra parece uma casa diferente, e todos eles são interligados por uma plataforma móvel, um elevador que completa o piso à medida que se move.

Guadalupe Acedo é governanta da residência e protagonista deste documentário que retrata a vida doméstica na obra do arquiteto. Koolhaas – Uma vida em casa é o primeiro filme da série Living Architectures [Arquiteturas vivas], da dupla Ila Bêka e Louise Lemoine, que retrata a relação do design com o cotidiano em algumas das mais famosas obras arquitetônicas das últimas décadas.

Em parceria com o IAB SP (Instituto dos Arquitetos do Brasil – São Paulo), o IMS Paulista promove esta sessão no aniversário de um ano do CineCubo, o cineclube do IAB.

A exibição do filme será seguida de debate com convidados do IAB SP.


Debate

IMS Paulista
28 de novembro de 2018, às 19h30
A exibição do filme será seguida de debate com convidados do IAB SP.

Marta Bogea é arquiteta e urbanista, formada pela Universidade Federal do Espírito Santo (1987), mestre em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP (1993), dissertação publicada sob o título Two-way street: The Paulist Avenue flux and counter-flux of modernity; doutora em Arquitetura e Urbanismo pela USP (2006), tese publicada sob o título Cidade Errante: Arquitetura em movimento. Obteve título de Livre-Docente em 2018, com a tese Corpo-de-Prova. Professora pesquisadora da FAU-USP, tem experiência na área de Arquitetura e Arte, com ênfase em Teoria e Projeto, principalmente nos temas projeto, arquitetura, arte contemporânea e cidade contemporânea.

Gabriel Kogan é arquiteto e crítico, formado pela FAU-USP em 2009. Palestrante convidado na Politécnico de Milão (POLIMI, Campus Mantova) entre 2015 e 2018 e na Escola da Cidade (desde 2018), oferece cursos livres no MASP e MuBE. Colaborou com a Folha de S.Paulo, Revista Bamboo, AU e as japonesas A+U e GA House. Em 2013, apresentou mestrado no UNESCO-IHE nos Países Baixos. Entre 2007 e 2015, trabalhou como arquiteto no Studio MK27. Participou no anteprojeto do Museu de Minas e Metal de Paulo Mendes da Rocha em 2006 e da organização do Arte/Cidade de Nelson Brissac em 2005. Desde 2013, dirige curta-metragens em parceria com Pedro Kok, com quem desenvolve as oficinas Filming Architecture. Em 2015, fundou o instituto CENTRO Pesquisas Urbanas e edita a Revista Centro. Integra o júri do Troféu APCA desde 2016.


Programação

Não há sessões previstas para esse filme no momento.


Ingressos

Entrada gratuita. Lugares limitados.
Ingressos distribuídos uma hora antes de cada sessão. Uma senha por pessoa.