O livro do paraíso não tem autor

Direção

Ross Lipman

Informações

EUA
2010. 55min. 12 anos

Formato de exibição

Performance, vídeo/Powerpoint

Sinopse

No verão de 1971, Ferdinand Marcos anunciou a descoberta do povo Tasaday, uma tribo de “primitivos” que viveu em completo isolamento por milhares de anos na floresta de Mindanao, a ilha filipina mais ao leste. A modernidade como a entendíamos havia sido colocada em xeque. Os Tasaday representaram uma chance de testemunhar em primeira mão as origens da civilização, e investigar a essência da humanidade. A tribo também ofereceu a Marcos uma singular exposição política positiva. Esta performance de Lipman reúne imagens etnográficas raras, registros de programas de televisão da época, gravações e fotografias stills, com o intuito de olhar para a trágica, assombrosa e provocativa história de nosso encontro com os Tasaday – e, também, seu encontro elíptico conosco. O resultado é uma experiência sensorial e meditativa que questiona a natureza da realidade. A performance de O livro do paraíso não tem autor será seguida por um debate com Ross Lipman.


Programação

Não há sessões previstas para esse filme no momento.


Ingressos

Os ingressos para as sessões de cinema do IMS são vendidos nas bilheterias dos centros culturais e no site ingresso.com. 
 
As bilheterias vendem ingressos apenas para as sessões do dia. No site, as vendas são semanais: a cada quinta-feira são liberados ingressos para as sessões que acontecem até a quarta-feira seguinte.
 
IMS Paulista
R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia)
Bilheteria: de terça a domingo, das 10h até o início da última sessão de cinema do dia, na Praça, no 5º andar.
 
IMS Rio
R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia)
Bilheteria: de terça a domingo, das 11h até o início da última sessão de cinema do dia, na recepção.