Rifle

Direção

Davi Pretto

Informações

Brasil
2016. 88min. 12 anos

Formato de exibição

DCP

Sinopse

Dione é um jovem misterioso que vive com uma família em uma região rural e remota. A tranquilidade da região é afetada quando um rico fazendeiro tenta comprar a pequena propriedade que Dione e a família vivem.

Nas palavras do diretor Davi Pretto, em entrevista ao portal Vertentes do Cinema, Rifle “é um filme sobre identidade, em um contexto de interior esvaziado, pós êxodo rural, no qual permanecer no campo é um ato de resistência diário, onde todos os detalhes do cotidiano empurram as pessoas pra fora dessa região para irem pra cidade. Por causa disso, acaba sendo também um filme sobre violência. Não só a violência física, mas a violência silenciosa do capitalismo expansionista descontrolado, do progresso, da mecanização em massa que apaga o trabalho manual do ser humano, da ideia de ser alguém na vida.”

“Esse foi um filme que concebemos com uma linguagem de um cinema, no qual a locação é personagem importante, filmado em scope, que acredita nos enquadramentos, nos ruídos e som ambiente com dinâmica entre o silêncio e o impacto, não só a narrativa e os diálogos. Um filme feito pra ver na tela grande e som alto. Antigamente, cinema era isso, hoje temos que insistir, primeiro pra que as pessoas não queiram ver só no Netflix, depois temos que insistir que a sala esteja bem equipada, a projeção não esteja escura, que o som não esteja baixo. Fazer esse tipo de filme pra sala de cinema se tornou um ato de resistência.”

Este ano, Rifle foi exibido no Festival de Berlim e recebeu o Grande Prêmio do 18º Jeonju International Film Festival. Em 2016, ganhou o prêmio de Melhor Filme do Júri da Crítica, Melhor Roteiro e Melhor Som do Festival de Brasília, e Melhor Filme do 12º Panorama Internacional Coisa de Cinema.


Ficha técnica

Direção

Davi Pretto

Informações

Brasil
2016. 88min. 12 anos

Formato de exibição

DCP

Roterio: Davi Pretto, Richard Taveres.
Fotografia: Glauco Firpo.
Desenho de som: Marcos Lopes, Tiago Bello.
Montagem: Bruno Carboni.

Com Dione Avila de Oliveira, Evaristo Goularte, Andressa Goularte, Elizabete Nogueira, Livia Goularte.


Programação

Não há sessões previstas para esse filme no momento.


Ingressos

Terça a quinta: R$20 (inteira) e R$10 (meia). Sexta a domingo e feriados: R$26 (inteira) e R$13 (meia). Vendas na recepção do IMS Paulista.


Trailer


Conteúdo relacionado