Festival do Rio 2017

IMS Rio

Rua Marquês de São Vicente, 476
Gávea - Rio de Janeiro/RJ

Quando

De 22 de setembro a 15 de outubro de 2017

Ingressos

R$8 (inteira) e R$4 (meia). Vendas na recepção do IMS Rio para as sessões do dia e antecipadamente no site ingresso.com

Contato

(11) 3371-4455
ims.sp@ims.com.br

De 6 a 15 de outubro, o IMS Rio apresenta uma seleção de filmes do Festival do Rio 2017. Durante o festival, centenas de títulos de mais de 60 países serão exibidos, desde retrospectivas e homenagens até produções de grandes autores.

Dentre os destaques da programação do Festival do Rio 2017 na Sala José Carlos Avellar, o cinema do IMS Rio, está Titicut Follies, primeiro longa-metragem de Frederick Wiseman, em cópia DCP restaurada. O filme, que completa 50 anos de lançamento, acompanha a rotina de um hospital para criminosos com transtorno mentais nos EUA e teve suas exibições públicas proibidas por mais de 20 anos.

Também acompanhando instituições psiquiátricas, no longa 12 dias, o fotógrafo e documentarista Raymond Depardon filma pacientes psiquiátricos confrontados pelos juízes que decidirão entre prolongar ou não sua internação forçada. Já em Senhora Fang, premiado como melhor filme no Festival de Locarno deste ano, Wang Bing entra em um lar para idosos, acompanhando os últimos momentos da vida de Fang Xiu-Ying.

William Friedkin, diretor de O exorcista se pergunta, passados 40 anos, o quão perto seu filme teria chegado da realidade. Em O diabo e o padre Amorth, consegue permissão para acompanhar e filmar o mais recente exorcismo executado pelo padre Gabriele Amorth, um senhor de 91 anos conhecido como o "Mestre dos Exorcistas”.

O IMS recebe ainda uma seleção da retrospectiva dedicada ao Roman Porno, selo de filmes adultos produzidos e lançados no Japão entre 1971 e 1988 pela Nikkatsu, um dos principais estúdios e distribuidoras do país. Diferente da maioria dos filmes pornôs, no Roman Porno não há relações sexuais de verdade nas cenas. Todo conteúdo é oficialmente aprovado como filmes ficcionais pelo Comitê de Classificação de Filmes do Japão. A programação inclui exibições em 35 mm de Uma mulher chamada Sada Abe e O voyeur do telhado, de Noboru Tanaka e Tripas de anjo: sala vermelha, de Chûsei Sone.

A exibição de Sociedade do almoço grátis, no dia 12/10, às 18h, será seguida de debate com Eduardo Suplicy.

A programação completa está disponível no site do Festival do Rio 2017.


Programação

Não há mais sessões previstas.


Ingressos

R$22 (inteira) e R$11 (meia). Vendas na recepção do IMS e no site ingresso.com