Vestígios e ruptura

O cinema de Sergei Loznitsa (IMS Paulista)

IMS Paulista

Avenida Paulista, 2424
São Paulo/SP

Quando

De 2 a 14 de outubro de 2018

Ingressos

Filmes: R$8 (inteira) e R$4 (meia).
Aulas: entrada gratuita

Aulas e debate

2 aulas com Loznitsa: 4 e 5/10, 19h
Debate após Donbass: 6/10, 15h

Em 2018, o cineasta ucraniano Sergei Loznitsa estreou três longas-metragens em três dos mais prestigiados festivais do mundo – Cannes, Berlim e Veneza. Entre eles, está Donbass, que levou o prêmio de Melhor Direção na mostra Um Certo Olhar em Cannes e que integra a seleção programada a partir do dia 2 de outubro no IMS Paulista, com a presença de Sergei Loznitsa e da produtora Maria Choustova, que ministrarão duas masterclasses e participarão de um debate após a exibição de Donbass. O trabalho de Loznitsa tem como foco geográfico a Rússia atual e o peso histórico da União Soviética. Ao longo de vinte anos de produção, em curtas, longas e médias, o diretor discute a construção da memória da região, com recursos que embaralham as divisões entre documentário e ficção.

ENCONTROS COM SERGEI LOZNITSA
Haverá duas aulas com o cineasta nos dias 4 e 5 de outubro, às 19h. Após a exibição de Donbass no dia 6 de outubro, sábado, às 16hacontece um debate com o diretor Sergei Loznitsa e a produtora Maria Choustova.

A mostra Vestígios e ruptura: o cinema de Sergei Loznitsa também acontece no IMS Rio.


Programação

Não há mais sessões previstas.


Ingressos

Filmes e sessão com debate

Os ingressos para as sessões de cinema do IMS são vendidos nas bilheterias dos centros culturais e no site ingresso.com. 
 
As bilheterias vendem ingressos apenas para as sessões do dia. No site, as vendas são semanais: a cada quinta-feira são liberados ingressos para as sessões que acontecem até a quarta-feira seguinte.

IMS Paulista
R$8 (inteira) e R$4 (meia).
Bilheteria: de terça a domingo, das 10h até o início da última sessão de cinema do dia, na Praça (5º andar).

Aulas

As aulas Documentário na ficção e vice-versa e Som no cinema têm entrada gratuita, com distribuição de senha 1 hora antes, no IMS Paulista. Limite de 1 senha por pessoa.


Eventos relacionados

IMS Paulista

Masterclass: Documentário na ficção e vice-versa
4 de outubro, quinta-feira, 19h | IMS Paulista
O diretor Sergei Loznitsa propõe uma discussão sobre a relação entre elementos de "documentário" e "ficção" em Donbass.

Masterclass: Som no cinema
5 de outubro, sexta-feira, 19h | IMS Paulista
Loznitsa discute os principais critérios para trabalhar com o som, tanto no documentário quanto na ficção. Aborda do seu trabalho documental inicial até seus filmes de ficção mais recentes.

Donbass + debate
6 de outubro, sábado, 15h | IMS Paulista
Sessão seguida de debate com o diretor Sergei Loznitsa e a produtora Maria Choustova.

IMS Rio

A dramaturgia no documentário e nos filmes de ficção
9 de outubro, terça, 19h | IMS Rio
Sergei Loznitsa compartilha sua experiência como roteirista de filmes de ficção: a escolha de um tema, a construção de uma narrativa, o desenvolvimento dos personagens, a criação de tensões e o ápice dramático.


Sobre o cineasta

Sergei Loznitsa nasceu em 1964 na cidade de Baranovitchi na Bielorrússia, parte da então União Soviética. Mais tarde, sua família mudou-se para Kiev, na Ucrânia, onde Sergei terminou o ensino médio. Formado em engenharia e matemática pelo Instituto Politécnico de Kiev, trabalhou entre 1987 e 1991 no Instituto de Ciências Cibernéticas, onde pesquisava sistemas e inteligência artificial. Paralelamente, atuava também como tradutor de japonês. Foi nesse período que desenvolveu um intenso interesse por cinema. Em 1991, ingressou no Instituto Estadual de Cinematografia, em Moscou, onde se formou com mérito. Durante a faculdade, fez um estágio no estúdio da diretora georgiana Nana Djordjadze. Desde então, já dirigiu 20 documentários aclamados internacionalmente. Seus filmes de ficção – Minha felicidade (2010), Na neblina (2012), Uma criatura gentil (2017) e Donbass (2018) – tiveram suas estreias mundiais no Festival de Cannes, onde Na neblina recebeu o prêmio Fipresci e Donbass, o prêmio de Melhor Direção na mostra Um Certo Olhar deste ano. Também em 2018, o documentário Dia da Vitória foi exibido pela primeira vez, no Festival de Berlim, e O processo, no Festival de Veneza.


Lista de filmes

A estação de trem
Polustanok (The Train Stop)
Sergei Loznitsa | Rússia | 2000, 25', DCP

Fábrica
Fabrika (Factory)
Sergei Loznitsa | Rússia | 2004, 30', DCP

Bloqueio
Blokada (Blockade)
Sergei Loznitsa | Rússia | 2005, 52', DCP

Artel
Artel
Sergei Loznitsa | Rússia | 2006, 30', DCP

Cinejornal
Predstavlenie (Revue)
Sergei Loznitsa | Alemanha, Rússia, Ucrânia | 2008, 83', 35 mm

Minha felicidade
Schaste moe (My Joy)
Sergei Loznitsa | Alemanha, Ucrânia, Holanda | 2010, 127', DCP

Na neblina
V Tumane (In the Fog)
Sergei Loznitsa | Alemanha, Rússia, Letônia, Holanda, Bielorrússia | 2012, 127', DCP

Maidan: protestos na Ucrânia
Maidan
Sergei Loznitsa | Ucrânia, Holanda | 2014, 130', DCP

O antigo cemitério Judeu
The Old Jewish Cemetery
Sergei Loznitsa | Letônia, Holanda | 2014, 20', DCP

Uma criatura gentil
Krotkaya (A Gentle Creature)
Sergei Loznitsa | França, Alemanha, Holanda, Lituânia | 2017, 143', DCP

Dia da Vitória
Den' Pobedy (Victory Day)
Sergei Loznitsa | Alemanha | 2018, 94', DCP

Donbass
Donbass
Sergei Loznitsa | Alemanha, Ucrânia, França, Holanda, Romênia | 2018, 110', DCP


Conteúdo relacionado