Por Dentro dos Acervos Veja Mais +

Brasiliana Fotográfica

17 de abril de 2015

O portal Brasiliana Fotográfica entrou no ar neste 17 de abril, dando a partida num amplo projeto de reunião de acervos fotográficos do país. Ele nasce como uma parceria entre a Biblioteca Nacional e o IMS, mas o objetivo é integrar outras instituições.

O site começa com 2.393 imagens, selecionadas nos acervos de BN e IMS. São fotografias do século XIX e das três primeiras décadas do século XX. A ideia é ampliar constantemente o número de fotos no banco de dados e, futuramente, avançar para décadas mais recentes.

Já no evento de lançamento – no qual o presidente da BN, Renato Lessa, e o superintendente do IMS, Flávio Pinheiro, assinaram um Acordo de Cooperação Técnica –, a diretora-geral do Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro, Beatriz Kushnir, anunciou que trabalhará para incluir o acervo da instituição no projeto. Ela destacou que pôr as fotografias disponíveis na internet inibe os furtos, pois os ladrões de arquivos dão mais valor a documentos que não tenham sido reproduzidos.

Da parte do IMS, já estão no portal fotos de Marc Ferrez, Revert Henrique Klumb, Francisco Du Bocage, Guilherme Gaensly e muitos outros, inclusive anônimos. Há um número grande de imagens do Rio de Janeiro, que está completando 450 anos e é tema, no IMS, da exposição Rio: primeiras poses. De ambos os acervos são vários os panoramas, que abrangem vastos trechos da cidade.

 

Anônimo / Acervo Instituto Moreira Salles. Engenho São João, Recôncavo Baiano, 1865. São Sebastião do Passé, BA.

Clique aqui para ver no portal da Brasiliana

 

Um dos principais atrativos do portal é a ferramenta de zoom, que permite ver detalhes, como rostos de pessoas em fotos de multidão. Também é possível, registrando-se no site, selecionar imagens e direcioná-las para grupos que o próprio usuário cria, compartilhando as seleções com outras pessoas. Assim sendo, a Brasiliana Fotográfica amplia as possibilidades de pesquisa, sobretudo à distância, sem que o interessado de outras cidades precise, necessariamente, deslocar-se até o Rio de Janeiro.

A curadoria do portal é de Sergio Burgi, coordenador de fotografia do IMS, e Joaquim Marçal, pesquisador da Divisão de Iconografia da Biblioteca Nacional. Textos de ambos já estão no site, que também será um espaço para reflexão sobre fotografia e preservação digital. Curadores convidados também contribuirão.

 

Luiz Antonio Ferreira / Acervo Instituto Moreira Salles. Missa campal celebrada em ação de graças pela Abolição da escravatura no Brasil, Campo de São Cristóvão, 1888. Rio de Janeiro, RJ.

Clique aqui para ver no portal da Brasiliana

 

Mais

Portal Brasiliana Fotográfica
Exposição Rio: primeiras poses

 

Sobre os acervos

Mais IMS