Por Dentro dos Acervos Veja Mais +

Luz da minha vida

02 de julho de 2014
Desenho e dedicatória de Erico Verissimo. Arquivo Erico Verissimo/ Acervo IMS.

 

O desenho de um anjo feito por Erico Verissimo indica que ele se manteve namorado de Mafalda Verissimo durante, no mínimo, 22 anos de casamento. Em 1953, quando dirigiu o Departamento de Assuntos Culturais da União Pan-Americana, em Washington, não deixou de aproveitar um envelope da Organização dos Estados Americanos para mandar sua mensagem de amor à mulher: “Para a minha angélica esposa Mafalda luz da minha vida esta lembrança de seu indino exposo”. Mesmo se considerando indigno (indino) do amor de Mafalda, o desenho e a dedicatória, com seus traços coloridos, mostram que o escritor seguiu à risca o conselho do poeta Vinicius de Moraes: para viver um grande amor é preciso “olhar sempre a bem-amada como a sua primeira namorada”.

Lyza Brasil é estagiária da Coordenadoria de Literatura do IMS.

 

Mais

Acervo de Erico Verissimo no IMS
Cartas de Erico Verissimo
Erico Verissimo: escrita refletida

 

 

Sobre os acervos

Mais IMS