edinhadiniz.ims.com.br

Apresentação

A pesquisadora, escritora, socióloga e professora Edna Maria Almeida Diniz é autora do ensaio biográfico publicado em 1984, Chiquinha Gonzaga: uma história de vida, que resultou na redescoberta da compositora e maestrina carioca. Desenvolveu desde então um trabalho de desdobramento dessa pesquisa em múltiplas linguagens. O balanço transparece em mais de uma dezena de reedições do livro, gravações musicais, montagens de peça teatral, minissérie televisiva, produções audiovisuais, enredos de escola de samba, publicações paradidáticas, trabalhos acadêmicos, verbetes enciclopédicos etc. Enfim, reconhecimento crítico e popular do nome e da obra de Chiquinha Gonzaga.

Edinha Diniz é graduada em Ciências Sociais e pós-graduada em Ciências Humanas pela Universidade Federal da Bahia, onde exerceu atividade de ensino e pesquisa. Paralelamente às atividades como socióloga, atuou em sua terra natal na área de cinema desenvolvendo pesquisas e roteiros e realizando documentários de curta-metragem. Passou a residir no Rio de Janeiro em 1977, quando recebeu encomenda da jornalista Angela Cozetti Pontual de um roteiro para documentário sobre Chiquinha Gonzaga e foi apresentada ao acervo da compositora, até então inédito, depositado na Sociedade Brasileira de Autores Teatrais (SBAT), com o qual trabalhou ao longo de seis anos.

A partir de 1990, Edinha Diniz iniciou uma ampla pesquisa sobre o processo de renovação e internacionalização da música brasileira de caráter popular, trabalho ainda em progresso. Publicou para o público infantil e juvenil biografias de Chiquinha Gonzaga (Editora Callis, 2000, e Editora Moderna, 2001), Cartola (Editora Callis, 2004), Machado de Assis (Editora Moderna, 2003), Jorge Amado (FCJA, 2008) e Zélia Gattai (FCJA, 2008).

O rico acervo de Chiquinha Gonzaga, antes depositado na SBAT, foi transferido para o Instituto Moreira Salles em 2005. Integra também os acervos musicais do IMS o arquivo de pesquisa de Edinha Diniz, com itens recebidos de herdeiros da maestrina e todo o material coletado desde 1977, dando continuidade à coleção proveniente da SBAT. Em 2009 foi publicada uma edição revista e atualizada de Chiquinha Gonzaga: uma história de vida, em co-edição Jorge Zahar Editor/IMS.


Pesquise no acervo de Música

A Reserva Técnica Musical do IMS tem sob sua guarda 20 acervos de compositores, instrumentistas, pesquisadores e colecionadores, todos disponíveis para consulta e pesquisa. São nomes como Chiquinha Gonzaga, Baden Powell, Elizeth Cardoso e José Ramos Tinhorão, entre outros, além dos sites especiais que abrigam toda vida & obra de Ernesto Nazareth e Pixinguinha.

Detalhe da coleção de discos de Humberto Franceschi na Reserva Técnica de Acervos do IMS. / Acervo IMS

Atendimento ao pesquisador

IMS Rio de Janeiro

Rua Marquês de São Vicente, 476
Gávea - Rio de Janeiro/RJ
CEP 22451-040

Consulta presencial

Agendamento por e-mail com 72h de antecedência.
De segunda a sexta-feira, das 10h às 12h30, e das 14h às 18h.

Contato

musica@ims.com.br

Os interessados em tirar dúvidas ou agendar consultas devem enviar um e-mail para o setor de Música.

É importante especificar no e-mail os dados dos arquivos de áudio sobre os quais há interesse em obter informações. Esses dados estão no Acervo de Música do IMS. 

A Sala de Pesquisa possui número restrito de lugares, portanto solicitamos que nos seja avisado com antecedência a vinda de acompanhante. Caso não possa comparecer no dia e horário agendado, por favor, comunique.

Para o melhor aproveitamento de todos os pesquisadores, não será permitido na sala: uso de celular, notebook, caderno ou similares, consumo de bebidas ou alimentos. Ao lado da sala há um armário destinado para a guarda dos pertences.


Outros acervos