Idioma EN
Contraste

Sobre Johann Moritz Rugendas

Johann Moritz Rugendas (Augsburgo, Alemanha, 1802 – Weilheim, Alemanha, 1858). Desenhista, pintor e litógrafo formado pela Academia de Munique. Como primeiro-desenhista, integrou a expedição científica organizada pelo Barão Langsdorff, desembarcando no Brasil em 1821 e permanecendo no país até 1824, com incursões às províncias de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. No ano seguinte, retornou à Europa. Entre 1831 e 1834, viajou pelo México e percorreu diversas regiões da América do Sul, chegando ao Brasil novamente em c.1847 e voltando à Europa em seguida. Entre 1827 e 1835, publicou Voyage Pittoresque dans le Brésil, editado em Paris pela Casa Engelmann & Cie. e impresso simultaneamente em francês e alemão, com cem estampas de sua autoria acompanhadas por textos explicativos. Em 1836, sob o título Das Merkwürdigste aus der malerischen Reise in Brasilien, publicou outras 40 ilustrações, impressas por J.Brodtmann. Entre 1838 e meados da década de 1840, morou no Chile, onde publicou o Álbum de trajes chilenos, com cinco litografias, editado em Santiago. Além das cenas dedicadas à América Latina, realizadas a partir de seus desenhos e esboços aquarelados, produziu, desde a estada na Itália em 1828, um grande número de telas a óleo representando personalidades, tipos humanos, paisagens e cenas de costumes das regiões visitadas em suas expedições. Em 1845, durante sua passagem pelo Brasil, participou da Exposição Geral da Academia Imperial de Belas Artes e realizou algumas vistas panorâmicas do Rio de Janeiro tomadas a partir da baía de Guanabara.

Em 1928, a parcela brasileira dos desenhos de Rugendas, conservados na Coleção de Arte Gráfica de Munique foi colocada à venda. Os compradores foram Clóvis Ribeiro e Wasth Rodrigues, que tentaram, sem sucesso, revender a coleção ao governo brasileiro. O conjunto foi então fragmentado e vendido a diversas coleções públicas e particulares. O acervo de Iconografia do IMS, além de contar com algumas ilustrações da Voyage Pittoresque dans le Brésil, guarda alguns desses desenhos dispersos, que retratam índios brasileiros, além de paisagens e aspectos da nossa flora.

OUTROS ACERVOS

MAIS IMS