Idioma EN
Contraste

A Rocinha Resiste (RJ)

Coletivo formado por pessoas ligadas à Rocinha reunindo saberes múltiplos. Para além dos encontros propositivos, atua como rede de apoio em situações emergenciais, como no caso das enchentes em 2019 e da pandemia em 2020, servindo como rede que conecta doadores e voluntários com as instituições de assistência locais.

Covid-19 na Rocinha

Fernando Ermiro

Este vídeo aborda a questão da memória e da identidade, sob a perspectiva dos museus comunitários. Os palestrantes convidados são integrantes do Museu Sankofa Memória e História da Rocinha e compartilham sobre a importância do reconhecimento das origens, do território e do viver em comunidade, protagonizando suas próprias narrativas.

Fernando Ermiro é historiador, morador da Rocinha e membro fundador do Museu Sankofa.

Lucas Pablo é estudante de Jornalismo, morador da Rocinha e colaborador do Museu Sankofa.

Publicado em 27.7.20

Alex Alves e Alexandre Cerqueira

Neste vídeo, os palestrantes convidados compartilham suas experiências dentro do audiovisual, a partir da formação de cada um, até a sua consolidação no mercado, passando pelos projetos autorais, dentro de uma militância de direitos humanos. Também é falado sobre como foi registrar a ação de combate ao coronavírus na Rocinha, em 2020.

Alex Alves é estudante de cinema e fotografia pela faculdade Estácio de Sá. Foi o responsável pela parte de audiovisual durante os 3 meses de ação do ARR. Tem atuado também de forma constante diversos projetos e produções sociais que dialogam muito com as temáticas que atravessam sua vida como jovem, negro, gay e cristão.

Alexandre Cerqueira tem graduação em Relações Internacionais pelo Ibmec, Alumni do Departamento de Estado dos EUA e é organizador da Embala Educação e da Tiro Livre Produções. A Embala é um projeto em prol da educação básica voltado para as escolas públicas de favelas do Rio e a Tiro Livre é uma produtora audiovisual e fotojornalística de narrativas periféricas.

Publicado em 27.7.20

Michelle Lacerda e Anna Karla da Silva Pereira

Este vídeo é um diálogo entre mães pretas de favelas. As convidadas Michelle e Anna Karla, compartilham suas experiências de vida e de militância, falam um pouco sobre como o COVID-19 vem impactando as favelas brasileiras e como as ações de seus coletivos vem trabalhando a questão da saúde em seus territórios.

Michelle Lacerda é mãe de dois meninos, Graduada em Gestão de Recursos Humanos. Assessora parlamentar da deputada Renata Souza, atuante na Comissão de Defesa dos Direitos humanos e Cidadania da Alerj. Coordenadora e uma das fundadoras do A Rocinha Resiste. Militante de direitos humanos. Moradora da Favela da Rocinha.

Anna Karla da Silva Pereira é mestranda no Programa de Pós Graduação em História na Universidade Católica de Pernambuco. Especialista em Gestão Pública. Integrante do grupo de pesquisa Estudos transdisciplinares em história social: Relações de Poder, política e instituições. Tem artigos e capítulos de livros publicados nas temáticas dos movimentos sociais, relações de poder, cultura afro-brasileira e memória. Articuladora social, co-fundadora e membro da Executiva Nacional do Frente Favela Brasil e integrante do Conselho Nacional do Pacto pela Democracia.

Publicado em 27.7.20

Michele Silva e Michel Silva

O vídeo apresenta perspectivas sobre a comunicação comunitária na Rocinha. Através das falas de Michele Silva, coordenadora do Jornal Fala Roça, ela compartilha um pouco do conhecimento adquirido ao longo de 16 anos de experiência como comunicadora na Rocinha, junto a Michel Silva, graduado em Jornalismo na PUC-Rio, um dos fundadores do Fala Roça, atua com jornalismo em favelas há 8 anos.

O Jornal Fala Roça existe há 7 anos, é patrimônio cultural da cidade do Rio de Janeiro, ganhador do prêmio Maria Carolina de Jesus de Direitos Humanos oferecido pela ALERJ. Durante a pandemia, o jornal busca descobrir histórias por trás dos números e monitorar, em uma medida local, os índices de avanço da doença no território.

Publicado em 27.7.20

Jananda Lima

Neste vídeo, em forma de conversa, Jananda apresentará seu projeto entitulado Pelos olhos dos Marginalizados, uma pesquisa sobre a marginalização dos corpos e territórios de favelas do Rio de Janeiro, adotando como ponto de partida a perspectiva dos favelados.

Jananda Lima possui mestrado em Futurismo Estratégico e Inovação pela OCAD University.

Publicado em 5.6.20

Mais sobre o Programa Convida
Artistas e coletivos convidados pelo IMS desenvolvem projetos durante a quarentena. Conheça os participantes:

A · B · C · D · E · F · G · H · I · J · K · L · M · N · O · P · Q · R · S · T · U · V · W · X · Y · Z