Idioma EN
Contraste

Slam das Minas RJ

Slam das Minas RJ é um coletivo artístico que organiza uma batalha lúdico poética itinerante no estado do Rio de Janeiro, dando visibilidade a mulheres [héteras, lésbicas, bis, ou trans], pessoas queer, agender, não bináries e homens trans. Formado pelas poetas Andrea Bak, Moto Tai, Genesis, Tom Grito e Rainha do Verso, e ainda Débora Ambrósia (produção), Lian Tai (vídeos) e DJ Bieta (sonorização).

Instagram
/slamdasminasrj

Quarentena Poética

Vídeo poemas de artistas convidadas.


Maria Duda

Que tem medo da justiça?

Quem é você, que vai pagar pelos corpos jogados nos mares? Que vai pagar pela vida de Dandara e de Zumbi dos Palmares? Quem é você, que vai comprar de volta a infância dos que a perderam? A identidade dos que a perderam? A vida dos que a perderam? Quanto vale a vida pra você? Quanto valem nossas vidas, se me paga a despedida com as lágrimas que não descem enquanto nossa morte é aplaudida Quem é você, que vai pagar pela limpeza social da capital do império? Pelas mulheres presas por adultério? Que vai pagar pelas vidas de Canudos e dos malês? Pela invenção e violação das ditas leis? Quem é você, que vai pagar pelos futuros que foram ceifados no passado? Por termos que viver entre os fantasmas dos que são assassinados? Quem é que vai me ensinar a viver depois de perceber o que você me roubou? Minha ausência no livro de história? A ausência da minha memória? Quem é você, que vai limpar as manchas do nosso sangue no áureo da bandeira? Que vai negar que a recíproca é verdadeira? As igrejas sendo construídas com o sangue dos nossos braços Enquanto fazia nossa religião se esconder em pedaços Quem é você, que vai pagar por tudo que acontecer depois? Pelo batismo forçado dos bantos e dos nagôs? Por não ser possível apreciar a vista do alto dos morros sem antes ouvir o coro dos metais perfurando as paredes das favelas? E as crianças sem infância pelos becos, bocas e vielas? Quem é você, que vai pagar pela amarra da mordaça? Pelos açoites nas praças? Pela dispersão de toda uma raça? Quem é você? Apareça você Quem é você, que manda que extermine o negro e o encarcere? Quem é você, que matou Marielle? Apareça você, que matou Marielle Que faz de nossa dor entretenimento Que vai sofrer na pele a catarse do meu ressentimento Marcharemos outra vez em direção à liberdade Tiraremos o seu nome das ruas dessa cidade Marcharemos ao passado em busca da nossa verdade É você o responsável por nos associar à preguiça? É você quem me quer submissa?

É você o responsável pela ilusão de uma pátria mestiça? Eu te pergunto, quem é você

Que tem medo da justiça?

Maria Duda é poeta, escritora, slammer e produtora cultural. Estudante de Relações Internacionais na UFRJ, iniciou sua trajetória na poesia falada em 2017. Em 2019 lançou seu primeiro livro de poesias, Navio negreiro (editora Malê).
mariadudapoesia.com.br

Eventos ao vivo

Instagram @slamdasminasrj

Quarentena poética ao vivo
Lives com a coletiva e convidadas
Domingos, 15h

17 e 31/5
7, 14 e 21/6
Slam das minas RJ
A tradicional competição valendo vaga para a final anual
24/5 e 28/6
Pocket Show com DJ Bieta e Slam das Minas RJ
Música e poesia
30/6

Mais sobre o Programa Convida
Artistas e coletivos convidados pelo IMS desenvolvem projetos durante a quarentena. Conheça os participantes:

A · B · C · D · E · F · G · H · I · J · K · L · M · N · O · P · Q · R · S · T · U · V · W · X · Y · Z