Amadores da fotografia, amadores na fotografia

Curso

4 aulas com Joaquim Marçal

Parte de Histórias da fotografia - parte II

Quando

9, 16, 23 e 30 de agosto de 2018
Quintas, das 19h às 21h.

Inscrição

Até a primeira aula do curso
R$ 200. Vendas pelo Eventbrite.

IMS Rio

Rua Marquês de São Vicente, 476
Gávea – Rio de Janeiro - RJ

Instantâneo anônimo da coleção Robert E. Jackson.

Sobre o curso

Amador é quem se dedica a uma arte ou ofício por gosto ou curiosidade, não retirando dali o seu sustento material. O curso pretende oferecer uma visão panorâmica da fotografia feita pelos amadores, do século XIX ao XXI – incluindo aqueles cujo envolvimento com esse meio transformou-se e contribuiu para transformá-lo.


Inscrição

Inscrições até a primeira aula.

4 aulas, R$ 200. Estudantes, professores e maiores de 60 anos têm 50% de desconto em todos os cursos.
Vendas pelo Eventbrite.


Sobre Joaquim Marçal

Pesquisador da Biblioteca Nacional e curador, pela BN, do portal Brasiliana Fotográfica. Doutor em história social pelo IFCS/UFRJ, professor agregado da PUC-Rio e professor no curso de pós-graduação lato sensu Fotografia & Imagem, do IUPERJ/UCAM. É curador de exposições e autor de livros e ensaios sobre a história da fotografia, das artes gráficas e do design.


Programa

1. No princípio, era tudo por amor: os inventores da fotografia; sua chegada ao Brasil e o interesse de d. Pedro II, nosso primeiro amador e colecionador; alguns movimentos fotográficos do século XIX e o surgimento do fotoclubismo; as publicações para o amador (manuais e revistas).

2. Quando o amadorismo revoluciona a fotografia: George Eastman (Kodak), Alfred Stieglitz (Photo-Secession, galeria 291 e Camera Work) e Edwin Land (Polaroid).

3. Alguns gêneros: fotografia de família; fotografia de viagem; voyeurismo; fotografia do oculto; Lomografia; auto-retrato (selfie).

4. O interesse renovado pela fotografia vernacular – na história social, no colecionismo e nas artes visuais. A grande rede: amadores e profissionais nos repositórios e redes sociais – olhares cruzados.