Idioma EN
Contraste

Amigas do samba

Foto de Osmar Moura

Sobre a atividade

Formado em 2011 por mulheres de diferentes idades, o grupo Amigas do samba busca incentivar a participação feminina no samba. O repertório tem como fonte de pesquisa composições que abordam o machismo e a violência contra a mulher, desde a década de 1920 até os dias de hoje, e pretende resgatar a memória do samba e valorizar as cantoras e compositoras do gênero.

Integrantes do grupo Amigas do Samba

Tia Cida – Voz e Madrinha do Movimento
Sueli Vargas – Voz e Violão
Erica Lopes – Cavaquinho
Maiethe Barros – Voz e Percussão
RibekaSusuki – Voz e Percussão
Aline Milhomens – Voz e Percussão
Marina Rago – Voz e Percussão
Juscilene Alves – Voz e Percussão
Sharylaine – Voz
Fran Zaila – Voz
Niz Souza – Voz
Clodd Dias – Voz
Tais de Paula – Voz
Cris do Samba – Voz e Produção
Jana Inocencio – Registros e Produção


Como participar

Entrada gratuita. Lugares limitados. Evento sujeito à lotação.

Ordem de chegada, não haverá distribuição de senhas.

150 pessoas em pé + 30 lugares sentados (público preferencial).


Estéticas das Periferias

Nos últimos anos, o Encontro Estéticas das Periferias tem mobilizado inúmeros espaços culturais nas áreas periféricas da capital paulistana, a partir do experimentalismo artístico.

Para reafirmar que a produção artística das quebradas não pode ser definida como algo único e homogêneo, o nome do encontro é definido no plural e sua diversidade está expressa em seus eixos curatoriais: produção cultural de mulheres, direitos humanos, culturas negras, direito à cidade, meio ambiente e futebol e cultura.

Em 2018, o IMS Paulista participa com uma série de eventos relacionados ao encontro.


Vídeo relacionado

Todo último domingo do mês, o IMS Paulista promove rodas de samba e choro. Na primeira edição, a apresentação ficou por conta do Clube do Choro de São Paulo.


Mais eventos

Mais IMS