Idioma EN
Contraste

Hora de Clarice 2019

O IMS Rio promoverá, às 20h, a leitura performatizada de um texto inédito, criado e interpretado pela atriz Mariana Lima, a partir das adaptações para o teatro de obras de Clarice Lispector por Fauzi Arap. O dramaturgo – falecido há sete anos – estreou em 1965 com Perto do coração selvagem (Paixão e vida: Clarice), versão para os palcos de três livros da escritora, que acompanhou a montagem da peça. A amizade entre ambos e as parcerias que realizaram dali em diante foram o ponto de partida para Mariana Lima, que vem trabalhando nos últimos anos com a escrita clariceana. Além do texto citado, o espetáculo inclui a adaptação teatral de A paixão segundo G.H. e fragmentos do livro autobiográfico Mare nostrum, em que Fauzi Arap conta episódios de sua relação com a grande escritora.

Clarice Lispector com Fauzi Arap, na montagem da peça Perto do coração selvagem, 1965. Fotógrafo não identificado / Arquivo Nacional

Sobre Mariana Lima

Atriz de cinema e televisão, encenou, em 2002, A paixão segundo G.H., um dos mais importantes romances de Clarice Lispector, adaptado para teatro por Fauzi Arap; em 2009, idealizou e atuou em A mulher que matou os peixes, livro de Clarice voltado para o público infantojuvenil.


Como participar

Quando
10 de dezembro de 2019, terça, às 20h

Entrada gratuita. Evento sujeito à lotação do espaço.

Distribuição de senhas 30 minutos antes do evento. Limite de 1 senha por pessoa.


Sobre a Hora de Clarice

Hora de Clarice é um evento organizado pelo IMS para celebrar o aniversário de Clarice Lispector, nascida em 10 de dezembro de 1920. O projeto foi lançado em 2011 pelo Instituto Moreira Salles com a proposta de fazer com que a data de nascimento da escritora seja comemorada e faça parte do calendário cultural do Brasil e de outros países. Todo ano, tanto a programação do IMS como das instituições parceiras ficam disponíveis no site especial do evento.


Mais eventos

Mais IMS