Periferia e mercado editorial

Roda de conversa

Com Ryane Leão e Mel Duarte. Mediação de Jessica Balbino
Parte de Estéticas das Periferias 2019

Quando

29 de agosto de 2019, quinta-feira, das 19h30 às 21h

Entrada gratuita

Lugares limitados. Mais informações em Como participar

IMS Paulista

Sala de aula - 2º andar
Avenida Paulista, 2424
São Paulo/SP

A produção literária movimenta, e muito, os autores de periferia há pelo menos 20 anos. No entanto, além das fronteiras geográficas dos guetos, muitos deles já publicam por grandes editoras, despontando como convidados em eventos importantes, e com premiações em editais e concursos.

Para discutir esse movimento, as poetas Mel Duarte e Ryane Leão se encontram no próximo dia 29 de agosto no IMS Paulista para o bate-papo Das margens ao centro, que integra a programação do Estéticas das Periferias. A entrada é gratuita e a mediação do bate-papo é da jornalista Jéssica Balbino. As autoras vão discutir como as questões de raça, gênero e orientação sexual expandem o arco do que é considerado periférico.


Sobre as participantes

Ryane Leão é mulher preta, lésbica, professora e poeta cuiabana que vive em São Paulo.  É autora de Tudo nela brilha e queima (Editora Planeta, 2017). Publica seus escritos no projeto Onde jazz meu coração, em blogs, e recita seus poemas em saraus e slams. Seu trabalho é pautado na resistência das mulheres e focado na luta pela arte e pela educação. 

Mel Duarte (São Paulo, 1988) é escritora, poeta, slammer e produtora cultural, autora de Fragmentos Dispersos (2013), Negra Nua Crua (2016, editora Ijumaa) e Negra Desnuda Cruda (2018, ediciones ambulantes, Madri). Integra o coletivo Slam das Minas – SP, e em 2016 tornou-se a primeira mulher a vencer o Rio Poetry Slam, que integra a FLUP (Festa Literária das Periferias), no Rio de Janeiro.

Jéssica Balbino é jornalista, mestre em comunicação pela Unicamp, pesquisadora de literatura marginal/periférica e criadora do blog Margens. Dirigiu e produziu o documentário Pelas Margens. É autora do livro Traficando conhecimento (Aeroplano, 2010)  e curadora do Encontro de Arte da Periferia e Hip-Hop na Flipoços desde 2009.


Como participar

Quando
29 de agosto de 2019, quinta-feira, das 19h30 às 21h

Atividade gratuita.
35 lugares

Distribuição de senhas 60 minutos antes. Limite de 1 senha por pessoa.


Sobre o Estéticas das Periferias

Idealizado pela Ação Educativa, o Estéticas das Periferias chega à sua nona edição em 2019.
Nos últimos anos, o encontro tem mobilizado inúmeros espaços culturais nas áreas periféricas da capital paulistana, a partir do experimentalismo artístico. Para reafirmar que a produção artística das quebradas não pode ser definida como algo único e homogêneo, o nome do encontro é definido no plural e sua diversidade está expressa em seus eixos curatoriais: produção cultural de mulheres, direitos humanos, culturas negras, direito à cidade, meio ambiente e futebol e cultura. O evento conta com a parceria de 42 entidades culturais em seu núcleo curatorial – entre coletivos, instituições públicas e privadas, além de muitos artistas, programadores e agentes culturais – e nesse ano terá mais de 60 atrações e atividades.


Mais eventos