Idioma EN
Contraste

Cristianismo e revolução na Nicarágua

Sandinistas nos muros do quartel da Guarda Nacional: o homem-molotov, Estelí, Nicarágua, 16 de julho de 1979. © Susan Meiselas/Magnum Photos
Sandinistas nos muros do quartel da Guarda Nacional: o homem-molotov, Estelí, Nicarágua, 16 de julho de 1979. © Susan Meiselas/Magnum Photos

O homem-molotov, a mais famosa imagem registrada por Susan Meiselas durante a Revolução Sandinista da Nicarágua, que depôs o ditador Anastasio Somoza Debayle, virou um ícone: foi reproduzida em muros, distribuída em panfletos a favor e contra o levante e povoou os veículos de imprensa. Numa de suas paragens, virou capa de uma revista de cristãos católicos revolucionários distribuída no país, em apoio aos sandinistas.

Nesta conversa na galeria, o escritor, ativista e frade dominicano Frei Betto abordará os cruzamentos entre a fé cristã e os ideais revolucionários na Nicarágua e na América Latina como um todo, partindo da maneira como ambas se relacionam com a imagem.


Sobre Frei Betto

Frei Betto - Divulgacao-CAAL

É escritor e frade dominicano. Um dos expoentes da teologia da libertação no Brasil, escreveu inúmeros livros, como o de memórias Batismo de sangue (prêmio Jabuti em 1982) e Cartas da prisão, sobre o período de seu encarceramento durante a ditadura militar. Em 1980, logo após a conquista da Frente Sandinista de Libertação Nacional, assessorou o governo sandinista em programas de educação popular e na relação cristianismo-marxismo, além de ter publicado Nicarágua livre: o primeiro passo. Premiado no Brasil e no exterior por sua defesa dos direitos humanos, é articulista do jornal O Globo e assessor de movimentos pastorais e sociais.


Como participar

Quando
4 de fevereiro de 2020, terça, às 19h30
40 lugares.

Entrada gratuita. Evento sujeito à lotação do espaço.
Distribuição de senhas 60 minutos antes do evento. Limite de 1 senha por pessoa.


O que é Conversas na galeria

A série Conversas na galeria promove o encontro de críticos, professores e especialistas com o público nos espaços expositivos do IMS, estimulando o debate em contato direto com as obras de arte.


Exposição relacionada


Mais eventos

Mais IMS