Idioma EN
Contraste

Amazônia

de Claudia Andujar e George Love

Exposição

Encerrada
26 de março a 8 de setembro de 2019

IMS Paulista

Biblioteca
Avenida Paulista, 2424
São Paulo/SP

Horário

Terça a domingo e feriados (exceto segunda), das 10h às 20h. Quinta, exceto feriados, das 10h às 22h

O fotolivro Amazônia (Praxis, 1978), publicado pelos fotógrafos Claudia Andujar e George Love, é uma obra-prima do gênero. Obra coletiva, contou com design do artista Wesley Duke Lee e a ousadia do editor Regastein Rocha, que desafiou a ditadura militar ao encomendar um prefácio (posteriormente censurado) ao poeta amazonense Thiago de Mello.

Nesta mostra na Biblioteca de Fotografia – desdobramento da exposição Claudia Andujar: a luta Yanomami –, o curador Thyago Nogueira destrincha, com anotações e comentários ao lado de reproduções das páginas do livro, o contexto de publicação e toda a sequência visual, evidenciando como é ao mesmo tempo um manifesto contra a exploração desenfreada da Amazônia e uma narrativa cinematográfica, feita com mais de 150 imagens encadeadas em ritmo preciso.

Curadoria
Thyago Nogueira
Online
fotolivroamazonia.ims.com.br
#fotolivroamazonia

Visitação

Exposição encerrada

Entrada gratuita
De 26 de março, às 10h, a 8 de setembro de 2019

Terças a domingos (exceto quintas), das 10h às 20h. Às quintas (exceto feriados), das 10h às 22h.

IMS Paulista
Biblioteca
Avenida Paulista, 2424
São Paulo/SP

Contato
(21) 3284-7400
imsrj@ims.com.br
Imprensa
(11) 3371-4455
comunicacao@ims.com.br

Imagens

Clique na imagem para ampliá-la

Vídeo


Sobre os artistas

Claudia Andujar nasceu na Suíça, em 1931, e em seguida mudou-se para Oradea, na fronteira entre a Romênia e a Hungria, onde vivia sua família paterna, de origem judaica. Em 1944, com a perseguição aos judeus durante a Segunda Guerra Mundial, fugiu com a mãe para a Suíça, e depois emigrou para os Estados Unidos, onde foi morar com um tio. Em Nova York, desenvolveu interesse pela pintura e trabalhou como guia na Organização das Nações Unidas. Em 1955, veio ao Brasil para reencontrar a mãe, e decidiu estabelecer-se no país, onde deu início à carreira de fotógrafa.

George Love (1937-1995), nascido em Charlotte, nos Estados Unidos, mudou-se para São Paulo em 1966 a convite de Claudia Andujar, sua companheira até 1974. Fotógrafo, editor e professor, formado pela escola americana de fotografia experimental dos anos 60, colaborou sobretudo com a revista Realidade, entre 1967 e 1971, além de outras publicações, e coordenou o laboratório de fotografia do Masp durante os anos 70, onde também ministrou cursos. É autor dos livros Amazônia (com Claudia Andujar, 1978) e São Paulo: anotações (1982).


Eventos paralelos

Não há novos eventos previstos.


Montagem no IMS Paulista

Clique na imagem para ampliá-la

Conteúdo relacionado


Exposição relacionada

Claudia Andujar: A luta Yanomami
IMS Paulista
15/12/2018 a 7/4/2019

Claudia Andujar: A luta Yanomami
IMS Rio
20/7 a 17/11/2019


Na loja do IMS