Idioma EN
Contraste

A vida invisível

Direção

Karim Aïnouz

Informações

Alemanha, Brasil
2019. 139min. 16 anos

Formato de exibição

DCP

Rio de Janeiro, 1950. Eurídice, 18, e Guida, 20, são irmãs inseparáveis: uma sonha se tornar pianista profissional, a outra, viver uma grande história de amor. Distanciadas por uma série de acasos, as irmãs nunca desistem de se reencontrar. 

A vida invisível, que é a indicação brasileira para a categoria de Melhor Filme Estrangeiro para o Oscar de 2020, teve sua estreia mundial na mostra Um Certo Olhar, do Festival de Cannes de 2019. Foi premiado como o Melhor Filme, a primeira vez que uma obra brasileira ganhou este troféu na competição. O longa é baseado no livro A vida invisível de Eurídice Gusmão, da pernambucana Martha Batalha. “Karim fez um melodrama, com personagens marcantes, cenários opressores e decadentes como o próprio machismo”, relata a autora à revista Continente. “É bonito e forte. Como espectadora, eu me vi envolvida pela trama por muitas horas após ter deixado o cinema. Interessante que esse é também o tipo de retorno que recebo com frequência de leitores: eles me escrevem para dizer que mesmo depois de terminar a leitura ainda refletem sobre ela. Fiquei feliz com o resultado, feliz que tenha tomado todas as liberdades criativas para fazer uma obra espetacular. É gratificante saber que um filme tão bonito e certamente inesquecível nasceu de algo que criei.” 

Leia o artigo completo.

Cena de A vida invisível, de Karim Aïnouz. Foto de Bruno Machado
Cena de A vida invisível, de Karim Aïnouz. Foto de Bruno Machado

Carta de Karim Aïnouz

Para a exibição do filme no Cinema do IMS, o diretor Karim Aïnouz escreveu uma carta exclusiva aos espectadores:

Queridx espectadorx,

O filme que você viu ou verá é, acima de tudo, uma ode ao amor, ao amor de duas irmãs, duas mulheres.

Desde que estreamos A vida invisível em maio deste ano no Festival de Cannes o filme vem ganhando o mundo, lotando salas e emocionando o público. Seja em Munique, Fortaleza, Paris, Belo Horizonte, Londres, Recife, São Francisco, Teresina,  Nova York, Curitiba, Lima, São Paulo, Zurique, Mar del Plata, Rio de Janeiro, Morelia, hoje mais que ontem, sinto o filme forte em seu propósito de comunicar e fazer sentir. 

São muitos abraços e relatos que me acompanham desde o início dessa jornada. Pessoas que me procuram em cada uma dessas cidades que o filme já visitou, e contam emocionadas não apenas como o filme repercutiu dentro delas, mas também - e talvez mais importante - como ele conseguiu ativar dentro de cada uma a memória de suas mães, tias, avós e irmãs.

O que me levou a adaptar A vida invisível foi justamente o desejo de dar visibilidade a tantas vidas invisíveis, mulheres daquela época e também dos nossos dias. As histórias dessas mulheres não foram contadas o suficiente, seja em romances, livros de história ou no cinema. 

A vida invisível é um esforço de desvelar o que foi por muito tempo sufocado. Que intercala suor e choro, dor e vida, perda e desejo. Que nos faz lembrar que família não é sangue, mas acima de tudo, amor. 

São quase 5 anos de trabalho diário ao lado de uma grande equipe que separam a ideia inicial do filme e esse grande momento que é tê-lo no circuito do cinema nacional.

Que essa carta seja só o primeiro passo para uma troca. Minha vontade é saber de você, saber o que o filme te provocou.

E finalmente, dedico este filme não só a Eurídice e Guida, mas também a todas as mulheres do Brasil e do mundo.

Um grande abraço

Karim


Programação

A vida invisível

Alemanha, Brasil, 139 min., Karim Aïnouz

13/12 sexta-feira 14h
15/12 domingo 14h
17/12 terça-feira 14h
18/12 quarta-feira 14h
19/12 quinta-feira 14h
20/12 sexta-feira 20h30
21/12 sábado 20h30
26/12 quinta-feira 20h30
27/12 sexta-feira 16h
28/12 sábado 16h
29/12 domingo 16h
São Paulo

Avenida Paulista, 2424
São Paulo-SP
CEP 01310-300

(11) 2842-9120
imspaulista@ims.com.br

19/12 quinta-feira 17h20
20/12 sexta-feira 17h20
21/12 sábado 17h20
22/12 domingo 17h20
26/12 quinta-feira 17h20
27/12 sexta-feira 17h20
28/12 sábado 17h20
29/12 domingo 17h20
Rio de Janeiro

Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea
Rio de Janeiro-RJ
CEP 22451-040

(21) 3284-7400
imsrj@ims.com.br


Ingressos

Os ingressos para as sessões de cinema do IMS são vendidos nas bilheterias dos centros culturais e no site ingresso.com.

IMS Paulista
Terça a quinta: R$20 (inteira) e R$10 (meia). Sexta a domingo e feriados: R$26 (inteira) e R$13 (meia).
Bilheteria: de terça a domingo, das 10h até o início da última sessão de cinema do dia, na Praça, no 5º andar.

A bilheteria vende ingressos apenas para as sessões do dia. No ingresso.com, a venda é semanal: a cada quinta-feira são liberados ingressos para as sessões que acontecem até a quarta-feira seguinte.

IMS Rio
Terça a quinta: R$22 (inteira) e R$11 (meia). Sexta a domingo e feriados: R$26 (inteira) e R$13 (meia).
Bilheteria: de terça a domingo, das 11h até o início da última sessão de cinema do dia, na recepção.

A bilheteria vende ingressos apenas para as sessões do dia. No ingresso.com, as vendas para as sessões de cada mês acontecem a partir do 1º dia do mês vigente.


Trailer


Conteúdo relacionado


Mais cinema

Mais IMS