Ghashiram Kotwal

Ghashiram Kotwal

Direção

Cooperativa Cinematográfica Yukt

Informações

Índia
1976. 107min. 14 anos

Formato de exibição

Cópia restaurada em DCP

O filme Ghashiram Kotwal é baseado na peça teatral de mesmo nome, escrita por Vijay Tendulkar em 1972 e adaptada para o cinema pelo próprio dramaturgo. A história detalha a decadência do Império Marata – único administrado por líderes religiosos hindus, chamados brâmanes – na Índia Ocidental no final do século XVIII. Se concentra nos personagens de Nana Phadnavis (interpretado por Mohan Agashe), um ministro culto, porém impiedoso do império, e Ghashiram (interpretado pelo astro de Bollywood Om Puri, em seu primeiro papel para o cinema), um pobre brâmane designado por Nana como o Kotwal, ou chefe da polícia, que assume o dever de espionar e reprimir sua classe social. A história é contada de forma lúdica e autorreferencial, a partir de uma mistura de narração, encenação dramática, canção e dança, contemplando tanto o momento histórico, como o momento das filmagens.

A obra alegórica foi produzida por uma cooperativa de 16 jovens cineastas e técnicos indianos durante o período da Emergência, quando a então primeira-ministra Indira Gandhi declarou estado de sítio no país, promovendo uma onda de repressão e violência. A Cooperativa Cinematográfica Yukt foi formada por alunos do Instituto de Cinema e Televisão da Índia (ftii), mais o cineasta veterano Mani Kaul. Embora Ghashiram Kotwal tenha sido o único filme assinado pela Cooperativa, Kaul e os outros três diretores do filme, K. Hariharan, Kamal Swaroop e Saeed Akhtar Mirza, se tornaram figuras importantes do movimento de Cinema Paralelo em seu país.

Ghashiram Kotwal passou no Festival de Berlim em 1978 em uma cópia em 35 mm legendada em alemão para a ocasião. Décadas depois, essa cópia tornou-se a única remanescente, a partir da qual foi realizada a versão digital em alta resolução que estreia no Brasil.


Programação

Ghashiram Kotwal

Índia, 107 min., Cooperativa Cinematográfica Yukt

22/09 domingo 17h30 *

* Sessão com apresentação de Raju Roychowdhury

São Paulo

Avenida Paulista, 2424
São Paulo-SP
CEP 01310-300

(11) 2842-9120
imspaulista@ims.com.br

22/09 domingo 16h
Rio de Janeiro

Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea
Rio de Janeiro-RJ
CEP 22451-040

(21) 3284-7400
imsrj@ims.com.br


Sessão apresentada

IMS Paulista
22 de setembro de 2019, às 17h30
Sessão com apresentação de Raju Roychowdhury

Raju Roychowdhury é um físico teórico e ávido cinéfilo que cresceu em Calcutá, na Índia, e atualmente tem base em São Paulo, onde trabalha na Universidade de São Paulo como pesquisador. Colaborou com a Assembleia de Pesquisa em Cinema e Imagem em Movimento (CAMIRA) e contribuiu com artigos relacionados a filmes para as revistas digitais Kinoscope, La Furia Umana, Cinema Experimental, entre outros. É curador do TENT Little Cinema International Festival for Experimental Films and New Media Art, em Calcutá. Também organizou sessões para o Cineclube Fisica no IFUSP e no CINUSP. Em 2019, organizou um programa de Cinema de Prayoga, uma aventura no cinema indiano da vanguarda, para a Mostra Strangloscope, em Florianópolis.


Ingressos

Os ingressos para as sessões de cinema do IMS são vendidos nas bilheterias dos centros culturais e no site ingresso.com.

As bilheterias vendem ingressos apenas para as sessões do dia. No site, as vendas são semanais: a cada quinta-feira são liberados ingressos para as sessões que acontecem até a quarta-feira seguinte.

IMS Paulista
R$8 (inteira) e R$4 (meia).
Bilheteria: de terça a domingo, das 10h até o início da última sessão de cinema do dia, na Praça, no 5º andar.

IMS Rio
R$8 (inteira) e R$4 (meia).
Bilheteria: de terça a domingo, das 11h até o início da última sessão de cinema do dia, na recepção.