Imagem e palavra

Le livre d’image

Direção

Jean-Luc Godard

Informações

França, Suíça
2018. 84min

Formato de exibição

DCP

Narrado por Jean-Luc Godard, o longa-metragem aborda questões contemporâneas a partir de materiais de origens distintas: trecho de um filme de Michael Bay, músicas, textos, pinturas e videopropaganda do Estado Islâmico retirada do YouTube. A sinopse oficial apresenta o filme em versos:

“Você ainda se lembra de como treinávamos nossos pensamentos há anos?/ Na maioria das vezes, começávamos por um sonho…/ Nos perguntávamos como, em meio à escuridão total/ cores tão intensas podiam surgir de dentro de nós./ Em voz baixa e suave/ dizendo coisas boas,/ coisas importantes, surpreendentes, profundas e justas./ Como um pesadelo escrito em uma noite de tempestade/ Sob os olhos do Ocidente/ Os paraísos perdidos/ A guerra está aqui.”

A estreia internacional se deu em 2018, no Festival de Cannes. Ausente do festival, Godard participou da coletiva de imprensa via FaceTime, de sua casa, na Suíça. Ao ser perguntado se Imagem e palavra seria um filme político, o diretor respondeu: “Não... Queria que meu filme fosse basicamente como um romance. Eu queria mostrar como os árabes não precisam da intervenção de outras pessoas, porque podem muito bem cuidar de si mesmos. Eles inventaram a escrita, inventaram muitas coisas. Eles têm petróleo – muito mais do que é necessário, praticamente. Então, não sei. Acho que deviam ser deixados para lidar sozinhos com as próprias questões. Não podemos ditar nada com filmes. Pus Edward Said no meu filme, junto a outros escritores. A maior parte dos filmes em Cannes este ano, e em anos anteriores, mostra o que está acontecendo. Mas pouquíssimos filmes são feitos para mostrar o que não está acontecendo. Eu espero que meu filme revele essa dimensão. Acho que é preciso pensar com as mãos e não apenas com a cabeça.”

Leia a íntegra da coletiva de imprensa, em inglês


Programação

Não há sessões previstas para esse filme no momento.


Ingressos

Os ingressos para as sessões de cinema do IMS são vendidos nas bilheterias dos centros culturais e no site ingresso.com.

As bilheterias vendem ingressos apenas para as sessões do dia. No site, as vendas são semanais: a cada quinta-feira são liberados ingressos para as sessões que acontecem até a quarta-feira seguinte.

IMS Paulista
Terça a quinta: R$20 (inteira) e R$10 (meia). Sexta a domingo e feriados: R$26 (inteira) e R$13 (meia).
Bilheteria: de terça a domingo, das 10h até o início da última sessão de cinema do dia, na Praça, no 5º andar.

IMS Rio
Terça a quinta: R$22 (inteira) e R$11 (meia). Sexta a domingo e feriados: R$26 (inteira) e R$13 (meia).
Bilheteria: de terça a domingo, das 11h até o início da última sessão de cinema do dia, na recepção.


Trailer