Orides, onde ninguém mais

Direção

David Ribeiro

Informações

Brasil
2018. 90min. 14 anos

Formato de exibição

DVD

Parte de

O filme conta a trajetória de Orides Fontela (1940-1998), desde sua infância em São João da Boa Vista (SP) até seu falecimento. O documentário conta com 15 depoimentos de amigos, familiares e pesquisadores do legado da poeta, entre eles o biógrafo de Orides, Gustavo de Castro, amigos próximos, como Dora Avânzi e Gerda Schröeder, e o editor responsável pela popularização da sua obra, Luís Fernando Emediato.

A produção do filme visitou lugares onde Fontela morou, resgatou documentos, e também um dos seus últimos poemas, ainda inédito. O longa-metragem foi produzido ao longo de dois anos, com locações em São João da Boa Vista, Campos do Jordão, São Paulo, Campinas e Poços de Caldas.

Além de elementos do documentário, o filme adota recursos da ficção para abordar memórias, curiosidades e angústias da personagem. O longa-metragem contou com a participação de 12 atores, com destaque para Anna Cláudia Zanetti, que interpretou Orides, e Diego Fracari no papel do pai da poeta, Álvaro Fontela.

Orides, onde ninguém mais integra o projeto da UNIFAE, iniciado em 2016, com a criação do Memorial Orides Fontela, onde estão depositadas as cinzas da escritora. O objetivo é que o local se torne um centro de referência de estudos e pesquisas sobre a obra de Fontela.

No dia 27 de abril, às 16h, o IMS Poços promove uma edição do evento Tardes poéticas dedicada a Orides Fontela.


Programação

Não há sessões previstas para esse filme no momento.


Ingressos

Entrada gratuita. Lugares limitados, por ordem de chegada, sem distribuição de senhas.


Evento anterior

IMS Poços
Exibição + debate com David Ribeiro, diretor, roteirista e responsável pela montagem do longa metragem
19 de dezembro de 2018, às 19h