Idioma EN
Contraste

Por Dentro dos Acervos Veja Mais +

Retratos de Chico Albuquerque

06 de maio de 2014

A trajetória profissional de Chico Albuquerque no campo fotográfico é alicerçada no retrato. Em meados da década de 1940, já atuando profissionalmente, faz estágio nos estúdios dos fotógrafos alemães Erwin von Dessauer e Stefan Rosenbauer, estabelecidos no Rio de Janeiro.

O aprendizado com esses fotógrafos dá a Chico Albuquerque o pleno domínio das técnicas de iluminação na fotografia profissional de estúdio e, principalmente, a difícil habilidade da direção de cena no trabalho de retrato.

É essa especialização profissional que trará a ele imediato reconhecimento quando se instala em São Paulo, tanto da clientela que o procura em seu estúdio da avenida Rebouças, quanto do círculo de fotógrafos reunidos em torno do Foto Cine Clube Bandeirante, que reconhecem em seus retratos um trabalho de cunho autoral e profissional de alta qualidade.

A origem do retrato de estúdio (portrait) se confunde com a invenção da fotografia. Um dos primeiros usos do daguerreótipo foi o retrato de estúdio. A partir daí, o retrato, ao longo de mais de 150 anos de história da fotografia, consagrou inúmeros fotógrafos especializados nesta prática, como Southworth and Hawes, em Boston, Nadar, em Paris, e Insley Pacheco, no Rio de Janeiro, no século XIX; Edward Steichen, nos Estados Unidos, e Man Ray, na França, no século XX, entre outros.

No período moderno, entre os anos 1920 e 1950, muitos fotógrafos dedicam-se tanto à fotografia de estúdio como à publicidade e à experimentação formal de vanguarda, como no caso de Man Ray e o movimento surrealista na França. Essa sobreposição, portanto, entre vertentes profissionais e aplicadas no campo da fotografia e desenvolvimentos e experimentações formais de caráter autoral será característica dos nomes mais relevantes da fotografia do século XX. Elementos dessa dinâmica estarão presentes igualmente na obra de Chico Albuquerque, em que o trabalho de retrato em estúdio irá dialogar com a fotografia de publicidade, e esta com os trabalhos comissionados e de vertente autoral em arquitetura, indústria e documentação urbana.

 

Claudia Andujar como modelo, 1955. São Paulo – SP. Foto de Chico Albuquerque / Acervo IMS

 

Lygia Fagundes Telles, 20/8/1949. São Paulo – SP. Foto de Chico Albuquerque / Acervo IMS

 

Roberto Burle Marx, 1/8/1952. São Paulo – SP. Foto de Chico Albuquerque / Acervo IMS

 

Jânio Quadros, 1954. São Paulo – SP. Foto de Chico Albuquerque / Acervo IMS

 

Maria Della Costa, 16/4/1956. São Paulo – SP. Foto de Chico Albuquerque / Acervo IMS

 

Cacilda Becker e seu filho, 1955. São Paulo – SP. Foto de Chico Albuquerque / Acervo IMS

 

Sobre os acervos

Mais IMS