Lygia Fagundes Telles

lygiafagundestelles.ims.com.br

Apresentação

Prosadora celebrada por grandes nomes da crítica literária brasileira, Lygia Fagundes Telles transitou à vontade entre o romance e o conto, mas foi talvez no último que exerceu seu talento com mais perfeita expressão.

Lygia de Azevedo Fagundes nasceu em São Paulo, em 19 de abril de 1923. Tão logo foi alfabetizada, começou a escrever, nos cadernos escolares, as histórias que ouvia contar.

Estreou com Porão e sobrado, de 1938, coletânea de 12 contos que ela, no futuro, consideraria “ginasianos”. Na verdade, a escritora prefere datar o início de sua carreira com o primeiro romance, Ciranda de pedra, de 1954, que lhe conferiu a maturidade literária. No entanto, ela mesma reconheceria mais tarde ter abordado, nessa obra, excesso de temas, reflexo ainda de uma certa urgência da juventude. Antes de Ciranda, ela publicara Praia viva, de 1944, e O cacto vermelho, de 1949, ambos de contos.


Por dentro dos acervos


Conteúdo relacionado


Loja IMS


Pesquise no acervo de Literatura

Explore a base de dados, que disponibiliza descrições de itens dos Arquivos, além de imagens com o conforto de zoom até 200%. Você pode ler, nessa resolução, as crônicas de Paulo Mendes Campos publicadas na revista Manchete ou ver fotos de Ana Cristina Cesar, Clarice Lispector e Rachel de Queiroz. Surpreenda-se com as dedicatórias de livros transcritas na base de dados da Biblioteca. 

Ana Cristina Cesar, Otto Lara Resende, Clarice Lispector e Carlos Drummond de Andrade
Ana Cristina Cesar, Otto Lara Resende, Clarice Lispector e Carlos Drummond de Andrade

Atendimento ao pesquisador

IMS Rio de Janeiro

Rua Marquês de São Vicente, 476
Gávea - Rio de Janeiro/RJ
CEP 22451-040

Consulta presencial

Agendamento por e-mail com 72h de antecedência.
De segunda a sexta-feira, das 10h às 12h30, e das 14h às 18h.

Contato

literatura@ims.com.br

A consulta presencial deverá ser agendada com 72h de antecedência.

O número de lugares na Sala de Pesquisa é restrito, portanto é preciso confirmar a presença no tempo previsto. Informe a respeito da vinda de acompanhante. 

Caso não possa comparecer no dia e horário agendado, por favor, comunique.

Mais informações estarão disponíveis no local.

Na Sala de Pesquisa será permitido o uso de folhas soltas, lápis e notebook.
Não será permitido o consumo de bebidas ou alimentos.
Não é permitido fotografar documentos.
Ao lado da sala há um armário destinado à guarda dos pertences.

Os pedidos de reprodução de documentos serão analisados. O IMS não detém os direitos autorais nem de imagem dos documentos do acervo.


Sobre os acervos