Revert Henrique Klumb

Apresentação

O francês Revert Henrique Klumb (c.1826-c.1886) se instalou no Rio em 1852, mudando-se depois para Petrópolis. Em 1855, já realizava diversas vistas estereoscópicas da capital imperial (a estereoscopia trabalha com pares de fotografias de uma mesma cena, que, vistos simultaneamente num visor binocular, dão a ilusão de tridimensionalidade). Nesse tempo, foram introduzidos avanços tecnológicos importantes, como o negativo em vidro e o chamado papel albuminado, que permitia cópias do negativo. A partir daí foram produzidos os livros de fotografia, com tiragens do mesmo negativo em quantidades significativas. As imagens começaram então a circular numa escala maior, percorrendo novos circuitos.

Klumb publicou, em 1872, um dos primeiros livros de fotografia do Brasil, Doze horas em diligência. Guia do viajante de Petrópolis a Juiz de Fora. Também deu aulas de fotografia para a princesa Isabel e ficou conhecido por retratar plantas e aves, temas não muito comuns no trabalho fotográfico daquele período, além de cenas cotidianas da cidade.


Seleção de obras

VISUALIZAR POR

A Imperatriz D. Teresa Cristina com as princesas Isabel e Leopoldina ao fundo

A Glória, vista do Passeio Público

Obras na rua do Imperador

Vista Geral de Petrópolis vendo-se o Palácio Imperial

Rio Quitandinha/ Córrego Seco

Membros do corpo diplomático e familiares em frente ao Palácio Imperial

×
<
>

A Imperatriz D. Teresa Cristina com as princesas Isabel e Leopoldina ao fundo

A Glória, vista do Passeio Público

Obras na rua do Imperador

Vista Geral de Petrópolis vendo-se o Palácio Imperial

Rio Quitandinha/ Córrego Seco

Membros do corpo diplomático e familiares em frente ao Palácio Imperial


Exposições anteriores


Loja IMS


Pesquise no acervo de Fotografia

Estão disponíveis cerca de 12.000 imagens para pesquisas online. Você pode realizar buscas, cadastrar-se para salvá-las ou enviar sua seleção de imagens, caso deseje utilizá-las. Na base de dados a visualização das imagens é de até 200% de ampliação. As alternativas de ação são busca livre; busca avançada; solicitação de uso de imagens e opções de visualização.


Atendimento ao pesquisador

IMS Rio de Janeiro

Rua Marquês de São Vicente, 476
Gávea - Rio de Janeiro/RJ
CEP 22451-040

Consulta presencial

Agendamento por e-mail com 72h de antecedência.
De segunda a sexta-feira, das 10h às 12h30, e das 14h às 18h.

Contato

fotografia@ims.com.br

A consulta presencial será realizada através de um banco de imagens digital, sem o manuseio dos itens originais do acervo, visando a conservação e preservação dos mesmos.

A sala de pesquisa possui número restrito de lugares, portanto solicitamos que nos seja avisado com antecedência a vinda de acompanhante. Caso não possa comparecer no dia e horário agendado, por favor, comunique.

Para o melhor aproveitamento de todos os pesquisadores, não será permitido na sala: uso de celular, notebook, caderno ou similares, consumo de bebidas ou alimentos. Ao lado da sala há um armário destinado para a guarda dos pertences.

O processo de liberação de imagens possui etapas, dentre elas, autorização, elaboração de termo de responsabilidade e custos (dependendo da finalidade de uso). O prazo para conclusão dos pedidos é de até 10 dias úteis porém este limite pode se estender conforme o quantidade de itens solicitados e/ou demanda interna.


Outros acervos