Conversa na galeria com Raquel Rolnik

Conversa

Quando

7 de junho, quinta, 19h30

Entrada gratuita

Sujeita à lotação

IMS Paulista

Galeria 1
Avenida Paulista, 2424
São Paulo/SP

Templo de Salomão, 2014. Fotografia de Mauro Restiffe / São Paulo, fora de alcance, projeto realizado pelo IMS

Sobre a atividade

A urbanista Raquel Rolnik fará uma leitura crítica das fotografias de Mauro Restiffe, exibidas na mostra São Paulo: Fora de alcance, na Galeria 1 do IMS Paulista.


Sobre Raquel Rolnik

Raquel Rolnik é arquiteta e urbanista e professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. Foi relatora especial do Conselho de Direitos Humanos da ONU para o Direito à Moradia Adequada, (2008-2014). Foi diretora de Planejamento da Cidade de São Paulo (1989-1992), coordenadora de Urbanismo do Instituto Pólis (1997-2002) e secretária nacional de Programas Urbanos do Ministério das Cidades (2003-2007), entre outras atividades profissionais e didáticas relacionadas à política urbana e habitacional. É autora dos livros A Cidade e a Lei, O que é Cidade, Folha Explica: São Paulo e Guerra dos Lugares: a colonização da terra e da moradia na era das finanças.


Sobre Mauro Restiffe

Mauro Restiffe nasceu em São José do Rio Pardo, em 1970. Formou-se em cinema pela Faap e estudou fotografia no International Center of Photography e na New York University. Suas obras foram expostas, entre outros lugares, no MAC-SP (2011) e na 27ª Bienal de São Paulo. Seu trabalho faz parte de coleções importantes, como as da Tate Modern, do MoMA de São Francisco, de Inhotim e da Pinacoteca do Estado de São Paulo. Foi indicado ao prêmio BES-Photo de 2011 e, em 2013, foi premiado pela Fundação Conrado Wessel. Expôs no Rio de Janeiro em 2006, na galeria Laura Marsiaj.


Como participar

Entrada gratuita, por ordem de chegada. Evento sujeito à lotação.


O que é o Conversa na galeria

A série Conversas na galeria promove o encontro de críticos, professores e especialistas com o público nos espaços expositivos do IMS, estimulando o debate em contato direto com as obras de arte. 


Sobre a exposição

Em 2012, a convite da revista ZUM, o fotógrafo paulista Mauro Restiffe fotografou o bairro da Luz, região que abriga a famosa Cracolândia e que passava por controversa intervenção municipal e estadual. Em 2013, Restiffe foi convidado a estender o trabalho e registrar a transformação da cidade no período que antecedeu a realização da Copa do Mundo.

A exposição São Paulo, fora de alcance é o resultado de muitas caminhadas diárias que o fotógrafo realizou durante cerca de três meses em bairros centrais e periféricos, como Brás, República, Pinheiros, Vila Congonhas e Itaquera. Conhecido pelas séries fotográficas que desenvolve em torno de questões urbanas de relevância histórica, política e arquitetônica, Restiffe produziu centenas de fotografias com a câmera Leica e o filme preto e branco de alta sensibilidade que fazem parte sua poética artística.