Idioma EN
Contraste

Maureen Bisilliat e as Manifestações Culturais

Possíveis leituras em Poços de Caldas

Roda de conversa

Com Dani Alvisi, Gabriela Acerbi e Renato Felipe

Quando

2 de dezembro de 2020, quarta, das 18h às 19h30

Evento online e gratuito

ESGOTADO. Com tradução simultânea em Libras. Mais informações abaixo.

No dia 2 de dezembro, quarta-feira, das 18h às 19h30, acontece a roda de conversa virtual Maureen Bisilliat e as manifestações culturais: Possíveis leituras em Poços de Caldas, sobre a produção da fotógrafa Maureen Bisilliat e sua aproximação com os movimentos de cultura popular brasileira. O bate-papo será com a fotógrafa Dani Alvisi, a antropóloga Gabriela Acerbi e o congadeiro Renato Felipe, e acontece no contexto da exposição Agora ou nunca – Devolução: paisagens audiovisuais de Maureen Bisilliat, em cartaz no IMS Poços. A atividade é gratuita, mediante inscrição pelo Sympla a partir de quarta-feira, dia 18 de novembro de 2020.

Organizada pela área de Educação do Instituto Moreira Salles, a conversa abordará a experiência de Bisilliat e sua aproximação com movimentos como a Folia de Reis, em Alagoas, e o Bumba-meu-boi, em São Luiz do Maranhão. A partir disso, buscaremos entender as relações que se estabelecem na produção audiovisual dos movimentos populares do Sul de Minas.

As vivências dos convidados em eventos que acontecem em Poços de Caldas como a Congada, a Folia de Reis e a Festa de São Benedito ajudam a refletir como as instituições culturais podem contribuir para a valorização e salvaguarda dessas manifestações culturais.

Com 89 anos, Maureen Bisilliat é uma das principais fotógrafas do país. Ao longo de sua trajetória, registrou as paisagens e contradições do Brasil. A partir da década de 1980, parou de fotografar profissionalmente e passou a se dedicar ao registro em vídeo. Agora ou nunca – Devolução: paisagens audiovisuais de Maureen Bisilliat foca em sua produção audiovisual, reunindo nove vídeos realizados entre os anos 1960 e 2018. As obras registram reencontros da fotógrafa, entrevistas, filmagens realizadas no Xingu, entre outros destaques. A seleção é da própria Bisilliat e de Rachel Rezende, do departamento de Fotografia do IMS.

Tradução simultânea em Libras.

Bumba meu boi, São Luís, MA, 1978. Foto de Maureen Bisilliat/ Acervo IMS

Sobre os participantes

Gabriela Acerbi
É antropóloga, pesquisadora, professora e produtora. É doutoranda no Programa de Pós Graduação em Antropologia Social (PPGAS) pela Ufscar (Universidade Federal de São Carlos). Investiga experiências afro-indígenas no sul de Minas Gerais (Brasil), com foco nas relações entre saúde, religião e ancestralidade, principalmente nas congadas de Machado e Poços de Caldas. Atua em projetos audiovisuais de documentação e memória através do Coletivo Estamos Aqui. Compõe o Laboratório de pesquisa ITERARES (PPGAS / UFSCAR).

Instagram | Facebook

Dani Alvisi
Pedagoga pela PUC Minas, especialista em Artes Visuais pelo Senac/MG, arte educadora na Educação Básica desde 1997. Realizou exposições individuais e coletivas, criou e produziu documentários sobre a arte e a memória de Poços de Caldas, focando o patrimônio imaterial principalmente através da cultura popular. Atua como fotógrafa, arte educadora, documentarista, produtora e gestora cultural.

Instagram | Facebook

Renato Felipe Pereira dos Santos
É congadeiro desde seu nascimento, sendo filho e neto de congadeiros de Poços de Caldas, com raízes familiares também no congado de Machado. É atuante nos festejos e procissões desde a infância e foi nomeado Capitão do Terno de Congo Nossa Senhora do Carmo. Renato trabalha como músico-percussionista, multi-instrumentista em diversos grupos de matrizes do samba/pagode da região e atua via editais de fomento à cultura com iniciativas voltadas aos segmentos das culturas negras e projetos de documentação, memória e acervo. É membro do Coletivo Estamos Aqui.

Instagram | Facebook


Como participar

ESGOTADO

Quando
2 de dezembro de 2020, quarta, das 18h às 19h30
25 vagas

Evento online
Grátis, com inscrição prévia a partir de 18/11.
O evento acontecerá através da plataforma Zoom.


Exposição relacionada

Agora ou Nunca – Devolução: paisagens audiovisuais de Maureen Bisilliat

Consagrada no campo da fotografia, a inglesa Maureen Bisilliat também tem um percurso relevante em vídeo, ao qual se dedicou a partir dos anos 1980. Na exposição Agora ou Nunca - Devolução: paisagens audiovisuais de Maureen Bisilliat, concebida por ela e por Rachel Rezende, a fotógrafa, radicada desde 1957 em São Paulo, reúne parte de sua produção audiovisual, com extratos de 9 vídeos, e três de suas mais célebres equivalências literárias – Guimarães Rosa, Euclides da Cunha e Ariano Suassuna.


Mais eventos

Mais IMS