Produção e montagem de exposições

Oficina

Com Camila Goulart

Quando

9, 16, 23 e 30 de abril de 2019, terça, das 16h30 às 19h

Inscrições

ESGOTADA. Mais informações em Como participar

IMS Paulista

Estúdio
Avenida Paulista, 2424
São Paulo/SP

Esta oficina tem por objetivo introduzir, de forma teórica e prática, as etapas, atividades e responsabilidades de cada profissional na realização de uma exposição de fotografia. Por meio da análise e comparação de projetos expositivos já existentes, pretende-se identificar e discutir em sala as demandas específicas às suas diferentes fases: da pré-produção e produção, passando pela montagem e abertura, até a desmontagem. Ao longo da oficina, os participantes serão convidados a acompanhar parte do processo de montagem de uma das galerias do IMS Paulista.


Como participar

ESGOTADA

4 encontros, R$ 200
12 vagas

Estudantes, professores e maiores de 60 anos têm 50% de desconto em todos os cursos, mediante apresentação de documento comprobatório no dia do evento.

Só receberá certificado de participação o aluno que estiver presente em todos os encontros (a presença será computada em até 30 minutos depois do início da aula).


Sobre Camila Goulart

É produtora cultural com foco na área das artes visuais. Possui pós-graduações em história da arte e da arquitetura no Brasil e gestão e políticas culturais. Após passagens por escritórios de design (Jair de Souza) e produtoras independentes (Automática), assumiu em 2011 o cargo de produtora das exposições e eventos no IMS Rio. Desde 2015, vem se dedicando exclusivamente à produção das exposições nas três sedes do Instituto (São Paulo, Rio de Janeiro e Poços de Caldas).


Programa

ENCONTRO 1 – 9 de abril
No primeiro encontro, será apresentado à turma o plano detalhado de aulas da oficina. Na sequência, começará a análise da etapa de pré-produção, discutindo-se as atribuições de um produtor de exposições e a formação de equipes (artistas, curadoria, arquitetura, design, iluminação, fornecedores etc.). Ainda neste encontro, serão apresentadas as etapas de produção e suas respectivas demandas para a elaboração do cronograma inicial do projeto. Serão apresentados um ou dois projetos em curso no IMS Paulista, que servirão de exemplo para exposições. Em seguida, a estruturação da planilha de orçamento será abordada, com a indicação dos itens que deverão ser contratados em cada fase do projeto.

ENCONTRO 2 – 16 de abril
No segundo encontro, serão discutidas questões relacionadas à identificação, à catalogação, ao emprestador, ao formato e ao suporte, bem como outras demandas específicas das obras, para a elaboração de uma lista de obras. Tomaremos como exemplo listas de obras fotográficas de exposições realizadas pelo IMS. A análise servirá como base para discussões sobre transporte, seguro e embalagem. Em um segundo momento, serão abordados os desafios da elaboração de projetos museográficos/expográficos, de comunicação visual e iluminação. Suas etapas (estudo preliminar, anteprojeto, projeto executivo, guia de montagem com cotas e as built) e especificidades serão identificadas e discutidas por meio do estudo dos projetos das exposições em curso nas galerias do IMS Paulista. Na última parte da aula, visitaremos uma dessas galerias, onde estará ocorrendo o início da montagem de cenografia de uma exposição.

ENCONTRO 3 – 23 de abril
Neste encontro, daremos continuidade à análise do projeto museográfico/expográfico, de comunicação visual e de iluminação. Em seguida, visitaremos o espaço expositivo, onde estará ocorrendo a montagem de uma exposição. Neste momento, os participantes poderão acompanhar o processo de montagem fina e de comunicação visual e as questões relativas à montagem, tais como organização da chegada e movimentação das equipes, dos materiais e das obras, além de controle de cronograma e fluxo de trabalho no espaço expositivo. Os diferentes modelos de colaboração da produção com as equipes operacionais, de comunicação e educativa, em função do tipo de espaço e projeto (museu, centro cultural, espaço independente etc.) serão discutidos no próprio espaço expositivo.

ENCONTRO 4 – 30 de abril
Neste encontro, serão apresentadas questões sobre o evento de abertura, assim como eventos paralelos às exposições: visitas mediadas, palestras, seminários, coquetel, registros fotográficos e videográficos. Na sequência, em visita à exposição, que já terá sido inaugurada, serão discutidos os imprevistos da montagem e suas soluções, identificadas às exigências relativas à manutenção de distintos tipos de espaços e de obras, bem como do processo de desmontagem (agendamentos de courriers e museólogos, desmontagem da cenografia, eventual itinerância, devolução de obras), da prestação de contas e do relatório. Por fim, serão apresentados alguns exemplos pontuais de exposições com perfis distintos para livre discussão sobre as etapas e as exigências de produção dos respectivos projetos.