Retrato e Identidade

Oficina

Quando

De 19 a 21 de março de 2019, das 18h30 às 21h30

Inscrições

Vendas pelo Eventbrite. Mais informações em Como participar

IMS Poços

Rua Teresópolis, 90
Poços de Caldas/MG

O fio condutor da oficina, ministrada por um integrante do coletivo Trëma, será o retrato. Os participantes serão convidados a criar perfis de seus colegas, produzindo uma série de imagens e textos que reflitam as expressões físicas, mas também as recordações e a identidade dos seus parceiros.

No primeiro encontro, serão sorteadas as duplas e apresentados os princípios da atividade. Para criar os perfis, os alunos poderão utilizar uma série de técnicas introduzidas ao longo da oficina: entrevistas, produção de fotos em estúdio, utilização de materiais de arquivo e redes sociais.

Ao longo dos encontros, o integrante do Trëma fará uma análise crítica dos trabalhos produzidos. Haverá ainda uma discussão teórica sobre o retrato, na qual serão apresentados trabalhos de diferentes fotógrafos, como Irving Penn, Brad Zellar e Hiroh Kikai.  

Para participar da oficina, é preciso trazer uma câmera analógica ou digital que permita ajustes manuais. Também é necessário possuir domínio técnico sobre o equipamento.

Da série Memento, Colômbia, 2016. Coletivo Trëma/Bolsa de Fotografia ZUM/Acervo IMS

Como participar

R$120, por 3 encontros
Vendas pelo Eventbrite até 18 de março

Estudantes, jovens de baixa renda, professores e maiores de 60 anos têm 50% de desconto. É preciso apresentar documento comprobatório no primeiro dia de curso.

Mais informações: (35) 3722-2776


Sobre o coletivo Trëma

Trëma é um coletivo formado em 2013 por quatro fotógrafos. O grupo foi um dos vencedores da Bolsa de Fotografia ZUM/IMS 2015, pelo projeto Memento. O trabalho reconstitui as memórias de dois imigrantes que chegaram ao Brasil nos últimos anos, com fotografias feitas aqui e nos seus países de origem: Dany Vásquez, da Colômbia, e Theresa Senga, de Angola.


Programa

Dia 19
Apresentação da Trëma e dos participantes da oficina. Sorteio das duplas e proposta de atividade de pesquisa e fotografia. Os participantes produzirão um breve perfil escrito de seus respectivos parceiros a partir de conversas e entrevistas realizadas em aula. Este perfil, com algumas alterações propostas em seguida pela Trëma, será a base teórica da atividade prática de fotografia a ser realizada no restante da oficina. O final da aula será dedicado a uma conversa sobre o processo de pesquisa em projetos de fotografia.

Dia 20
A segunda aula será aberta com uma breve discussão teórica sobre o retrato, com apresentação de trabalhos de diferentes estéticas e períodos da história da fotografia, com ênfase naqueles que tratam da identidade expressa de seus objetos (Exemplos: Small Trades, de Irvin Penn; Conductors of a Moving World, Brad Zellar; Hiroh Kikai, Asakusa Portraits; social media influencers e bancos de imagem). O restante da aula será dedicado a produção de uma série de 5 a 10 fotografias, incluindo ao menos um retrato e um texto curto, que reflita o perfil do parceiro de dupla, produzido no primeiro encontro. Os participantes poderão tirar as fotos em estúdio ou em locação externa; poderão ser usadas fotos de arquivo pessoal, redes sociais e qualquer outra fonte relevante. Neste período de produção, a Trëma estará disponível para revisar criticamente os trabalhos em andamento.

Dia 20
Finalização da série de fotografias e do(s) texto(s). Apresentação do trabalho final com debates entre os participantes da oficina.


Conteúdo relacionado