Idioma EN
Contraste

Espero tua (re)volta

Direção

Eliza Capai

Informações

Brasil
2019. 93min. 14 anos

Formato de exibição

DCP

A narrativa é dividida entre três jovens, eles decidem quanto tempo cada um deve falar e escolhem as imagens correspondentes ao que contam. Lucas “Koka” Penteado, Marcela Jesus e Nayara Souza são ex-secundaristas e trazem em seus corpos e vivências importantes perspectivas de sua geração.

Eles olham para as marchas de 2013, aderem às manifestações e ocupações das escolas de São Paulo em 2015, narram o processo de impeachment de Dilma Rousseff em 2016 e a vitória de Jair Bolsonaro em 2018. Dois meses após a posse do novo presidente brasileiro, Espero tua (re)volta teve sua estreia no Festival de Berlim, na mostra Generation, onde recebeu o prêmio concedido pela Anistia Internacional e o Prêmio da Paz, pela Fundação Heinrich Böll.

Sobre a decisão de tornar os personagens narradores do filme, Eliza Capai comenta: “Uma das coisas que entendi, bem no início, é como as lutas secundaristas arrefecem com o tempo, assim voltando ao zero. A inspiração da galera de São Paulo foi um documentário sobre ocupações estudantis no Chile (A rebelião dos pinguins, de Carlos Pronzato). Entendi como o audiovisual era protagonista nessa história, uma vez que o filme chileno serviu de combustível vital. Tive o desejo de me comunicar com eles, de fazer um filme que interagisse com a geração registrada e os próprios secundaristas e/ou universitários de hoje. Atualmente, é muito difícil manter a atenção dos jovens por uma hora e meia, então havia um desafio: como conseguir isso? Foi realmente um mergulho de linguagem. Os próprios protagonistas mostraram essa agilidade. Tínhamos um grupo de estudo formado por ex-secundaristas que participaram das ocupações. Fui entendendo que o mundo deles era bem ligado a séries, Netflix e YouTube. Meu filme é absurdamente acelerado, traz muita informação. Nunca foi o objetivo fazer o público entender tudo. Quero que os espectadores sejam bombardeados pelo dinamismo, que saiam com isso na cabeça e no corpo, tendo a possibilidade de refletir.”

Leia a entrevista completa no site Papo de Cinema.


Programação

Não há sessões previstas para esse filme no momento.


Ingressos

Os ingressos para as sessões de cinema do IMS são vendidos nas bilheterias dos centros culturais e no site ingresso.com.

As bilheterias vendem ingressos apenas para as sessões do dia. No site, as vendas são semanais: a cada quinta-feira são liberados ingressos para as sessões que acontecem até a quarta-feira seguinte.

IMS Paulista
Terça a quinta: R$20 (inteira) e R$10 (meia). Sexta a domingo e feriados: R$26 (inteira) e R$13 (meia).
Bilheteria: de terça a domingo, das 10h até o início da última sessão de cinema do dia, na Praça, no 5º andar.

IMS Rio
Terça a quinta: R$ 22 (inteira) e R$ 11 (meia); Sexta a domingo e feriados: R$ 26 (inteira) e R$ 13 (meia).
Bilheteria: de terça a domingo, das 11h até o início da última sessão de cinema do dia, na recepção.

Ingresso gratuito para alunos de colégios públicos (não é válido para ensino superior). A cortesia pode ser retirada apenas na bilheteria do respectivo centro cultural, mediante apresentação do comprovante escolar, no dia da exibição. Uma entrada por pessoa. Sujeito a lotação.


Conteúdo relacionado


Mais cinema

Mais IMS