Metamontagem

sobre Harun Farocki e o fenômeno das fake news

Atividade educativa

20 vagas

Parte de Encontro com professores

Quando

15 de junho de 2019, sábado, das 14h às 18h

Entrada gratuita

ESGOTADO (lista de espera disponível). Mais informações em Como participar.

IMS Rio

Rua Marquês de São Vicente, 476
Gávea - Rio de Janeiro/RJ

Este Encontro com professores, em parceria Capacete e Anarca Filmes, convida os participantes a pensar o fenômeno das fake news no Brasil e dialogar com a metodologia de Harun Farocki, sobre os mecanismos usados pelas narrativas, bem como reconhecer os filtros (ideológicos, teóricos e estéticos) aos quais somos diariamente expostos.

Pretende-se refletir acerca dos processos midiáticos de edição e direcionamento de sentidos, trabalhando sensorialmente a percepção crítica e investigando as associações entre imagem e palavra, memória e informação, entre o manual e o eletrônico.

A atividade será mediada por educadores do IMS Rio, pelo artista e curador residente do Capacete Ali Hussein Al-Adawy e pelos cineastas Lorrain Dias e Mariana Cavalcanti, da Anarca Filmes. Como trabalho final, será proposto uma ação integrada em arte-educação que instiga o trânsito entre os limites do vídeo, da performance, instalação e colagem.

Contramúsica, videoinstalação, 23' © Harun Farocki GbR, 2004

Como participar

Quando
15 de junho de 2019, das 14h às 18h

ESGOTADO. Lista de espera através do e-mail: educativo.rj@ims.com.br
Entrada gratuita.

Nº de participantes: 20 pessoas
Pré-requisito: profissionais em exercício
Vagas também para estudantes de licenciatura e educadores de instituições culturais
Com certificado de participação
Mais informações: (21) 3284-7485


Sobre as parcerias

Anarca Filmes
Desde 2014, Amandla Veludo, Clarissa Ribeiro, Lorran Dias e Mari Cavalcanti se reúnem em processos de autoria audiovisual anti hegemônica no Rio de Janeiro. Realizaram o Projeto ANTI: Residência Fílmica Antifascista (2018) à convite do Espaço Saracura, executando em um mês 8 filmes entre videoarte, ficção e documentário experimental.

Lorran Dias é cineasta, videoartista e curador independente, residente na Favela da Maré (RJ). Dirigiu e escreveu Perpétuo (2018). Recebeu o prêmio Memórias da Resistência (2018) pela Comissão de Direitos Humanos da ALERJ. Graduando em Rádio, TV e Cinema pela UFRJ.

Mariana Cavalcanti é cineasta, pesquisadora e artista visual integrante do coletivo audiovisual LGBT e antifascista Anarca Filmes. Atualmente dedica-se à pesquisa da relação entre as máquinas de visão e tecnologias de controle da percepção a partir da obra de Harun Farocki, no Programa de Pós-graduação em Comunicação e Cultura da UFRJ.

Capacete
É o mais antigo programa de residência e intercâmbio artístico e cultural no Brasil, com mais de 21 anos de experiência. Estruturado por meio de residências de pesquisa, apresentações públicas em diversos formatos, formação para profissionais (Escola Capacete) e para crianças (Pequeno Laboratório), cursos abertos, cozinha experimental, biblioteca, acervo e publicações.

O programa incorpora formas de ação auto-organizadas, participativas e colaborativas como uma parte fundamental de sua estrutura. Oferece um ambiente onde estudantes, residentes e profissionais se encontram e participam de discussões, aulas, oficinas, seminários e pesquisas de campo relacionadas ao pensamento crítico e artístico contemporâneo.

           


Encontro com professores

O Encontro com Professores é uma série de atividades destinadas a professores das redes públicas e privada de ensino, de nível básico e superior, a fim de contribuir na preparação das visitas com seus alunos e desdobramentos em sala de aula.

Cada encontro apresenta um tema, a partir do qual são propostas ações que estimulam debates, estudos, práticas e experiências estéticas acerca dos acervos e exposições do Instituto Moreira Salles.

Mais informações: educativo.rj@ims.com.br ou (21) 3284-7485.

Instagram: @imseduca


Exposição relacionada