Representações e narrativas visuais indígenas

Seminário

Quando

22 e 23 de agosto de 2019

Entrada gratuita

Lugares limitados. Mais informações em Como participar

Locais

IMS Rio
Casa de Leitura Dirce Cortes Riedel

O seminário Representações e narrativas visuais indígenas acontecerá no Rio de Janeiro no contexto da exposição Claudia Andujar: a luta Yanomami.

O evento convida educadores, pesquisadores, cineastas, fotógrafos e demais interessados para refletir sobre a construção da imagem indígena na fotografia e nas artes visuais.

Este seminário é uma parceria entre o IMS, o Museu do Índio e a Casa de Leitura Dirce Cortes Riedel - UERJ.

Mulheres dançam e cantam à noite na maloca. Algumas carregam filhos nas tipoias de embira sustentadas pela cabeça. Catrimani, 1974. Foto de © Claudia Andujar
Para saber mais sobre o assunto

- A UNESCO instituiu em 2019 o Ano Internacional das Línguas Indígenas, com o objetivo de sensibilizar e promover debates sobre a importância da preservação e valorização da cultural e identidades indígenas por meio das línguas.

- Conheça o modo de vida da etnia Yanomami, através do Instituto Socioambiental.


Como participar

Quando
22 e 23 de agosto de 2019, quinta e sexta-feira.
No dia 22, o evento acontece na Casa de Leitura Dirce Cortes Riedel.
E no dia 23, será no IMS Rio.

Entrada gratuita.
Conversas e ativação: distribuição de senhas 30 minutos antes e limite de 1 senha por pessoa.
Filmes: sujeito à lotação.


Programação

22 DE AGOSTO

Local: Casa de Leitura Dirce Cortes Riedel - Rua das Palmeiras, 82, Botafogo

Sonoridades e Visualidades indígenas: conversa com Renata Aratykyra Tupinambá e Edgar Kanaykõ Xakriabá
Mediação: Thiago da Costa Oliveira
Horário: 13h30 às 16h30

23 DE AGOSTO

Local: IMS Rio - Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea

Arquivo Claudia Andujar: a pesquisa para a exposição e a luta Yanomami hoje
Conversa com Valentina Tong e Davi Kopenawa
Horário: 10h às 12h

Ativações poéticas na exposição Claudia Andujar: a luta Yanomami
A equipe de Educação fará instigações na galeria provocando outras interações entre o público e as imagens de Claudia Andujar.
Horário: 15h às 16h

Exibição de filmes no cinema
Sessões gratuitas. Eventos sujeitos à lotação.

17h30 - Um filme para Ehuana
Apresentação de Louise Botkay e Davi Kopenawa

18h30 - Urihi Haromatipë – curadores da Terra-floresta
Apresentação de Morzaniel Ɨramari Yanomami e Davi Kopenawa

20h - Um filme para Ehuana e Urihi haromatipë – curadores da terra-floresta

Programação relacionada

Pajelança Yanomami
24 de agosto de 2019, sábado, às 11h
Ritual xamânico conduzido pelo líder e ativista Davi Kopenawa Yanomami, com a presença de Pedrinho Yanomami


Conteúdo relacionado


Exposição relacionada