Idioma EN
Contraste

Nelson filma

O trajeto do cinema independente no Brasil

Direção

Luiz Carlos Lacerda

Informações

Brasil
1971. 10min. Livre

Formato de exibição

DCP

Sessão + conversa

IMS Rio, 12/10: conversa com Luiz Carlos Lacerda. Parte da mostra Nelson Pereira em cartaz

“Conheci Nelson Pereira dos Santos em São Paulo em 1951. Apesar da diferença de idade que havia entre nós, de 10 anos, nós praticamente começamos juntos. E começamos juntos contra o que havia de velho no cinema brasileiro.”

Essa é a fala com que Luiz Carlos Lacerda abre seu curta-metragem de 1971 sobre a obra de Nelson Pereira dos Santos, as questões que seus filmes levantavam e os caminhos que abriu para o Cinema Novo. Após a exibição do curta, no dia 12 de outubro, Lacerda, que foi colaborador de Nelson em diversos trabalhos, conversará com o público sobre os filmes e a experiência de trabalhar com o diretor. Na sequência, às 17h30, apresentará a exibição de O amuleto de Ogum.

Este evento marca o encerramento da mostra Nelson Pereira em cartaz, que, ao longo de um ano, exibiu todos os longas-metragens dirigidos por Nelson.

Cena de Nelson filma – O trajeto do cinema independente no Brasil, de Luiz Carlos Lacerda

Programação

Não há sessões previstas para esse filme no momento.


Conversa

12 de outubro, sábado, às 16h
Sessão seguida de conversa com Luiz Carlos Lacerda

Luiz Carlos Lacerda
Nascido no Rio de Janeiro, em 1945, foi assistente de Nelson Pereira dos Santos nos longas-metragens El Justicero, Fome de amor, Azyllo muito louco, Como era gostoso o meu francês, Quem é Beta?, e O amuleto de Ogum. Diretor de cerca de 30 curtas e médias-metragens sobre personagens da cultura brasileira e dos longas Mãos vazias, O princípio do prazer, Leila Diniz, For All, VIVA SAPATO!, Casa 9, A mulher de longe, Introdução à música do sangue, O que seria deste mundo sem paixão? e de séries para a televisão. Atualmente finaliza a série de ficção RUA DO SOBE E DESCE, NÚMERO QUE DESAPARECE. É também professor do Curso de Cinema da Universidade Estácio de Sá, da Escuela Internacional de Cine y Television,em Cuba, e da Escola de Cinema Darcy Ribeiro.


Ingressos

IMS Rio
Entrada gratuita, sujeita à lotação. Distribuição de senhas 30 minutos antes.


Conteúdo relacionado


Mais cinema

Mais IMS