Idioma EN
Contraste

Claudia Andujar, 90 anos

11 DE JUNHO DE 2021 |
Claudia Andujar no Catrimani, 1974-1975

Neste sábado, dia 12 de junho, a fotógrafa Claudia Andujar completa 90 anos. Nascida em 1931 na Suíça em uma família de origem judaica, deixou a Europa em 1944 fugindo da perseguição nazista e vive desde 1955 no Brasil. Aqui se consagrou como fotógrafa, percorrendo todo o país e dedicando boa parte da carreira à etnia Yanomami, com quem teve o primeiro contato em 1971.

Para celebrar a data e homenagear a artista, o IMS preparou o vídeo abaixo, editado por Maria Clara Villas. Em depoimentos, os líderes indígenas Dario Kopenawa Yanomami e Ailton Krenak, o rapper Emicida, as fotógrafas Maureen Bisilliat e Susan Meiselas e a curadora Sarah Meister, dentre outros, parabenizam a fotógrafa e relembram episódios de sua carreira.

Claudia Andujar em exposição 

Em 2015 o IMS Rio promoveu a exposição Claudia Andujar: no lugar do outro, com curadoria de Thyago Nogueira, coordenador de Fotografia Contemporânea do instituto. A mostra exibiu trabalhos pouco conhecidos da primeira fase da carreira de Andujar, nos anos 1960 e 1970, quando a fotógrafa explorou realidades que não conhecia. O catálogo da exposição, resultado de dois anos de pesquisa, inclui cerca de 230 imagens desse período e foi indicado ao prêmio Jabuti.

Também com curadoria de Thyago Nogueira, Claudia Andujar: A luta Yanomami estreou no IMS Paulista em 2018. Tendo como foco o trabalho de Claudia com a etnia e sua luta pela demarcação das terras indígenas entre as décadas de 1970 e 1990, a exposição passou pelo IMS Rio em 2019 e se encontra em itinerância pelo exterior. Depois de Paris, Milão, Barcelona e Londres, onde está em cartaz até 29 de agosto, o próximo destino é Winterthur, na Suíça. Em 2022 a exposição volta às Américas, com uma temporada em Nova York.

Mais Claudia Andujar no IMS

Para fechar a homenagem de aniversário, um apanhado do material publicado sobre a fotógrafa em sites do IMS nos últimos anos. São vídeos, entrevistas, galerias de imagens, ensaios e um minidocumentário dirigido por Jorge Bodanzky.