Idioma EN
Contraste

Arquivo Peter Scheier

Exposição

13/10 a 8/11/2020

IMS Paulista

Galeria 3
Avenida Paulista, 2424
São Paulo/SP

Visitação

Entrada gratuita, com agendamento prévio. Mais informações abaixo.

A exposição é resultado de um mergulho no arquivo de aproximadamente 35 mil imagens do fotógrafo alemão Peter Scheier (1908-1979), realizadas entre as décadas de 1940 e 1970, pertencentes ao Instituto Moreira Salles. A mostra, sob a curadoria de Heloisa Espada, destaca a passagem de Scheier pela revista O Cruzeiro, nos anos 1940, seus registros sobre o nascimento de instituições como o Museu de Arte de São Paulo e a Bienal de São Paulo, nos anos 1950, bem como sua colaboração com arquitetos como Rino Levi e Lina Bo Bardi.

Curadoria
Heloisa Espada
Marina Barzon (assistente)
Online
exposcheier.ims.com.br
#exposcheier

Percurso do visitante

Siga o caminho aqui indicado para evitar aglomerações na galeria

Visitação

Entrada gratuita, com agendamento prévio.
Reabertura: 13/10 a 8/11/2020
Etapa inicial: 25/1 a 15/3/2020

Terça a sexta, das 12h às 16h. Sábado e domingo (inclusive feriados, exceto segundas) das 13h às 17h.
Tempo máximo de permanência em cada visita: 2 horas
O centro cultural funcionará com capacidade reduzida, para que o distanciamento seja respeitado.

IMS Paulista
Galeria 3
Avenida Paulista, 2424
São Paulo/SP

Contato
(11) 2842-9120
imspaulista@ims.com.br
Imprensa
(11) 3371-4455
comunicacao@ims.com.br

Obras


Vídeos


Catálogo

Arquivo Peter Scheier

O catálogo da exposição homônima é um mergulho nos cerca de 35 anos de variada atuação de Peter Scheier como fotógrafo no Brasil. Nascido em 1908, deixou a Alemanha em 1937, fugindo da perseguição antissemita. Chegando em São Paulo transformou o hobby da fotografia em profissão.

Páginas: 184
Formato: 20 x 23 cm
ISBN: 9788583460565


Sobre Peter Scheier

Nascido em Glogau, na Alemanha, e de origem judaica, Peter Scheier (1908-1979) mudou-se para o Brasil em 1937, fugindo da ascensão do Partido Nazista em seu país. Morando em São Paulo, o fotógrafo trabalhou num frigorífico antes de se iniciar na profissão pela qual ficaria conhecido. Scheier vendia cúpulas de abajur quando decidiu realizar um catálogo fotográfico que suavizaria o trabalho de carregar as amostras. Acabaria descobrindo que fotografar as mercadorias era mais lucrativo e mais interessante do que vendê-las. O Instituto Moreira Salles tem cerca de 35 mil imagens do artista, a maioria negativos fotográficos de sua trajetória profissional no Brasil. O acervo inclui também um vasto conjunto de documentos – certificados, contratos, cadernos, cartões de visita, carimbos, portfólios, álbuns de família, livros, revistas e jornais – que, junto com as fotos, contam sobre a atuação diversificada do Estúdio Peter Scheier, que funcionou entre o início da década de 1940 e 1975, quando Scheier e sua esposa, Gertrudes Willheim, retornaram para a Alemanha.


Eventos paralelos

Online

Aos milhares: desafios da curadoria de grandes arquivos fotográficos
26 de outubro de 2020, segunda, às 14h
Evento gratuito.

No IMS Paulista

Não há novos eventos previstos.


Montagem no IMS Paulista


Bastidores

Uma exposição é o produto de vários setores que trabalham juntos para sua realização. A Equipe de Educação do IMS Paulista propõe neste vídeo uma roda de conversa entre alguns funcionários envolvidos na mostra Arquivo Peter Scheier. A partir de fotografias de Scheier que retratam os bastidores da montagem da 1ª Bienal de São Paulo, profissionais de atendimento, conservação, curadoria, educação, manutenção e produção do IMS discutem sobre os lugares menos visíveis relacionados a uma exposição e seu cotidiano.


Conteúdo relacionado


Na loja do IMS


Sobre os acervos

Mais IMS