Conflitos

Fotografia e violência política no Brasil 1889-1964

Exposição

Entrada gratuita
8 de maio a 29 de julho de 2018

IMS Paulista

Galeria 3
Avenida Paulista, 2424
São Paulo/SP

Horário

Terça a domingo e feriados (exceto segunda), das 10h às 20h. Quinta, exceto feriados, das 10h às 22h

Contato

(11) 2842-9120
imspaulista@ims.com.br

Apresentação

Conflitos: fotografia e violência política no Brasil 1889-1964 contradiz a imagem do Brasil como país pacífico e oferece um olhar sobre a história nacional que colabora na compreensão da atual crise política. Curadoria de Heloisa Espada. Em cartaz no IMS Paulista de 8 de maio a 29 de julho de 2018.

Com um panorama de imagens de guerras civis, revoltas e outros episódios de confronto envolvendo o Estado brasileiro, Conflitos aborda o papel das imagens fotográficas nesses eventos, seu uso político e suas formas de circulação. São trabalhos de autores conhecidos, como Juan Gutierrez e Flávio de Barros, e de inúmeros anônimos, amadores ou profissionais, nos mais diversos suportes, montando um painel heterogêneo sobre as práticas fotográficas no Brasil.

Curadoria

Heloisa Espada
Tiê Higashi (assistente)

Na Internet

conflitos.ims.com.br
#expoconflitos 

Imprensa

(11) 3371-4455
comunicacao@ims.com.br


Visitação

Entrada gratuita
De 8 de maio, às 18h, a 29 de julho de 2018

Terça a domingo e feriados (exceto segunda), das 10h às 20h. Quinta, exceto feriados, das 10h às 22h

IMS Paulista
Galeria 3
Avenida Paulista, 2424
São Paulo/SP

Acompanhe imagens relacionadas à exposição na hashtag #expoconflitos no Instagram

#expoconflitos


Obras


Vídeos


Catálogo

Conflitos: fotografia e violência política
A publicação apresenta um panorama da fotografia de guerras civis e outros conflitos armados envolvendo o Estado brasileiro, entre a Proclamação da República e o golpe de 1964. Com curadoria de Heloisa Espada, coordenadora de artes visuais do IMS, o livro possui  imagens pertencentes a 30 coleções particulares e públicas de todo Brasil, além de fotografias do acervo do IMS.


Sobre os fotógrafos

Do franco-brasileiro Marc Ferrez ao baiano-carioca Evandro Teixeira, único fotógrafo vivo entre os expositores da mostra Conflitos, a autoria do conjunto de imagens que retrata a violência política no Brasil entre 1889 e 1964 reúne outros profissionais consagrados como Augusto Malta, Juan Gutierrez e Flávio de Barros, além de nomes menos conhecidos (Claro Jansson, por exemplo) e inúmeros anônimos e amadores.


Eventos paralelos

Conversa na galeria com Erika Zerwes
17 de maio, quinta-feira, 19h

Visita guiada pela curadora
26 de maio, sábado, 11h

Conversa na galeria com Cícero Antonio F. de Almeida
Sobre as fotos da Guerra de Canudos
16 de junho, sábado, 11h

Conversa na galeria com Rogério Rosa
Sobre as fotos da Guerra do Contestado
21 de junho, quinta-feira, 19h

Conversa na galeria com Mauricio Lissovsky
Sobre as fotos dos motins populares que sucederam o suicídio de Getúlio Vargas
5 de julho, quinta-feira, 19h


Conteúdo relacionado


Itinerário da exposição

Rio de Janeiro, Brasil
IMS Rio
De 25 de novembro de 2017 a 25 de fevereiro de 2018
Página da exposição Conflitos no IMS Rio


Sobre os acervos