Echo, de Richard Serra

O espaço que abriga a escultura Echo, de Richard Serra, no térreo do IMS Paulista, recebeu melhorias para proporcionar mais conforto aos visitantes.

Exposição permanente

Jardim externo, nos fundos do térreo

IMS Paulista

Avenida Paulista, 2424
São Paulo/SP

Horário

Terça a domingo e feriados (exceto segunda), das 10h às 20h. Quinta, exceto feriados, das 10h às 22h

Contato

(11) 2842-9120
imspaulista@ims.com.br

Primeira escultura do artista americano Richard Serra aberta à visitação pública permanente na América Latina, Echo (2019) foi inaugurada no IMS Paulista dia 23 de fevereiro de 2019.

Composta por duas placas de aço de 18,6m de altura, cada uma pesando 70,5 toneladas – refletindo a equilibrada tensão entre peso e leveza que marca o trabalho de Serra –, Echo foi realizada especificamente para o IMS e está instalada no jardim externo do centro cultural, atrás do restaurante Balaio.

A escultura soma-se a outras obras monumentais do artista em exposição permanente em diversas partes do mundo, integradas a espaços urbanos ou à natureza.

Online

echo.ims.com.br
#EchoRichardSerra

Imprensa

+55 21 3371-4455
comunicacao@ims.com.br


Imagens


Vídeos


A trajetória da escultura

Como outras obras site-specific do artista, Echo foi projetada especialmente para o IMS Paulista.


Sobre Richard Serra

Richard Serra nasceu em São Francisco, em 1938. Estudou na Universidade da Califórnia (Berkeley e Santa Barbara) e em Yale. Desde 1966, mora em Nova York. Sua primeira exposição individual foi também em 1966, na Galeria La Salita, em Roma. Três anos depois, expôs na galeria Castelli Warehouse, em Nova York. Sua primeira individual em um museu aconteceu em 1970, no Museu de Pasadena, na Califórnia. Desde então, tem participado de várias edições da Documenta de Kassel, na Alemanha (1972, 1977, 1982 e 1987) e da Bienal de Veneza (1984, 2001 e 2013), e seu trabalho tem sido apresentado em individuais realizadas por museus do mundo todo, tais como: Museu Stedelijk, em Amsterdã (1977); Centre Georges Pompidou, Paris (1984); Museu de Arte Moderna de Nova York (1986 e 2007). Em 2005, oito obras de grande escala foram instaladas permanentemente no Museu Guggenheim de Bilbao. Entre 2011 e 2012, o Museu Metropolitan de Nova York, o Museu de Arte Moderna de São Francisco e a Menil Collection, em Houston, realizaram uma grande retrospectiva de seus desenhos. Em 2013, Serra expôs seus desenhos na Courtauld Gallery, em Londres. Em abril de 2014, instalou uma grande escultura permanente no deserto, na reserva natural de Brouq, no Qatar.

Richard Serra, 2014. Foto de Cristiano Mascaro

Eventos paralelos

Não há novos eventos previstos.


Conteúdo relacionado


Na loja do IMS


Sobre os acervos