Idioma EN
Contraste

Fome de amor

ou Você nunca tomou banho de sol inteiramente nua

Direção

Nelson Pereira dos Santos

Informações

Brasil
1968. 76min. 12 anos

Formato de exibição

Cópia restaurada em DCP

Parte da mostra

Nelson Pereira em Cartaz

Dois casais isolados em uma ilha do litoral do Rio de Janeiro. Em uma espécie de continuidade de El Justicero, Fome de amor é um retorno do diretor a uma certa “burguesia esclarecida”. Abandona-se o tom de comédia para entrarmos na seara de relações pessoais entremeadas por inquietações políticas. Nas palavras de José Carlos Avellar, em crítica para o Jornal do Brasil à época do lançamento, “a inquietude com que Fome de amor surge na tela é a forma perfeita para as indagações que o filme levanta. Um melodrama se transforma num filme político. A narração em ordem não cronológica, o modo inesperado com que cada plano surge na tela, o fascinante jogo de claro-escuro e de movimentos de câmera deixam fixar quatro dos personagens [...] apenas para que eles funcionem como símbolos e sejam perguntas que Nelson levanta sobre nossa sociedade. Onde está o povo?”

Leia a crítica original de José Carlos Avellar, e textos de, entre outros, Alex Viany e Maurício Gomes Leite.


Programação

Não há sessões previstas para esse filme no momento.


Ingressos

Os ingressos para as sessões de cinema do IMS são vendidos nas bilheterias dos centros culturais e no site ingresso.com. 
 
As bilheterias vendem ingressos apenas para as sessões do dia. No site, as vendas são semanais: a cada quinta-feira são liberados ingressos para as sessões que acontecem até a quarta-feira seguinte.
 
IMS Paulista
Ingresso: R$8 (inteira) e R$4 (meia).
Bilheteria: de terça a domingo, das 10h até o início da última sessão de cinema do dia, na Praça, no 5º andar.
IMS Rio
Ingresso: R$8 (inteira) e R$4 (meia).
Bilheteria: de terça a domingo, das 11h até o início da última sessão de cinema do dia, na recepção.

Conteúdo relacionado


Mais cinema

Mais IMS