Idioma EN
Contraste

Abertura de Claudia Andujar: a luta Yanomami

A exposição Claudia Andujar: a luta Yanomami faz uma retrospectiva do trabalho de Andujar com os Yanomami, indígenas ameaçados de extinção, reúne aproximadamente 200 imagens e uma instalação da fotógrafa e ativista, além de livros e documentos sobre a trajetória do povo em busca de sobrevivência. Na ocasião da abertura, haverá uma conversa com Claudia Andujar, Davi Kopenawa Yanomami e o curador da exposição Thyago Nogueira. A exposição fica em cartaz no IMS Rio até 10 de novembro de 2019.

Davi Kopenawa Yanomami é xamã e presidente da Hutukara Associação Yanomami. Desde meados dos anos 70 tem se dedicado a defender os direitos e interesses dos povos indígenas no Brasil, em especial dos Yanomami. Em 1989 recebeu o Prêmio Global 500, da ONU. É autor do livro "A queda do céu: Palavras de um xamã Yanomami" (com Bruce Albert, Companhia das Letras, 2015).

Thyago Nogueira é coordenador da área de fotografia contemporânea do IMS e editor da revista ZUM.

A jovem Susi Korihana thëri em um igarapé, filme infravermelho. Catrimani, Roraima, 1972-1974. Foto © Claudia Andujar

Como participar

Quando
20 de julho de 2019, sábado, às 17h

Entrada gratuita, com distribuição de senhas 30 minutos antes e limite de 1 senha por pessoa.

Evento sujeito à lotação.


Sobre Claudia Andujar

Nasceu na Suíça, em 1931, e em seguida mudou-se para Oradea, na fronteira entre a Romênia e a Hungria, onde vivia sua família paterna, de origem judaica. Em 1944, com a perseguição aos judeus durante a Segunda Guerra Mundial, fugiu com a mãe para a Suíça, e depois emigrou para os Estados Unidos, onde foi morar com um tio. Em Nova York, desenvolveu interesse pela pintura e trabalhou como guia na Organização das Nações Unidas. Em 1955, veio ao Brasil para reencontrar a mãe, e decidiu estabelecer-se no país, onde deu início à carreira de fotógrafa.


Conteúdo relacionado


Na loja do IMS

Claudia Andujar: a luta Yanomami

Mais de 300 imagens compõem o catálogo da mostra homônima. A publicação reúne ainda textos da própria fotógrafa, do curador Thyago Nogueira e do antropólogo Bruce Albert, que se aliou a Claudia Andujar na luta pelos Yanomami.


Mais eventos

Mais IMS